Brusque perde primeiro jogo e sai atrás na decisão da Copa SC - Esportes - Santa

Versão mobile

Futebol26/11/2017 | 19h26Atualizada em 26/11/2017 | 19h39

Brusque perde primeiro jogo e sai atrás na decisão da Copa SC

Time do Vale do Itajaí marcou primeiro, mas perdeu por 2 a 1 para o Tubarão com gol contra nos minutos finais

Brusque perde primeiro jogo e sai atrás na decisão da Copa SC Lucas Gabriel Cardoso/Divulgação
Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Divulgação

O que parecia ser um passo em direção ao título da Copa Santa Catarina virou uma frustração para a torcida do Brusque. Na tarde deste domingo, o time do Vale do Itajaí recebeu o Tubarão para a primeira partida da decisão da Copinha e perdeu por 2 a 1. O time da casa saiu na frente com gol de Edu, mas o oportunismo de Everton Dias e um gol contra do volante Eurico nos acréscimos do segundo tempo jogaram um balde de água no torcedor.

As 1.505 pessoas que foram ao Estádio Augusto Bauer assistiram a uma partida em que o Brusque comandou as principais ações até a parte final do jogo. O primeiro tempo terminou sem gols, mas o Bruscão teve mais posse de bola e ameaçou mais a meta do goleiro Gabriel, embora pecasse nas finalizações. Em uma das melhores chances, Jean Dias cruzou em direção ao gol, mas o atacante Edu não conseguiu alcançar a bola para arrematar o lance.

O ritmo de jogo continuou na primeira metade do segundo tempo. E foi justamente Edu, camisa 9 e artilheiro da Copinha, que abriu o marcador. Ele, que já tinha levado perigo com uma cabeçada aos 14 minutos da etapa final, cinco minutos depois aproveitou uma sobra do escanteio cobrado pelo meia Gustavo Xuxa para garantir o balancê das redes e da arquibancada.

Mas a alegria não durou muito. Aos 27, em falta cobrada pela esquerda, Everton Dias, que havia acabado de entrar, aproveitou o cruzamento e empurrou para o fundo das redes do goleiro Dida, igualando o marcador. A partir daí o Tubarão gostou do jogo, enquanto o Brusque tentava garantir ao menos a igualdade. O castigo veio já nos acréscimos, quando o Brusque já jogava com um a menos e o volante Eurico, ao tentar afastar um cruzamento, acabou marcando um gol contra.

– Talvez o terço final do jogo não tenha sido condizente com o que foi todo o jogo. Por isso pedimos calma, não vai ter loucura. Futebol não se resolve bagunçando tudo, se resolve fazendo as coisas com inteligência e equilíbrio – frisou o treinador Picoli, do Brusque, após o jogo, em entrevista à Rádio Cidade.

O Brusque ainda não venceu o Tubarão na Copinha – na primeira fase o empatou em 2 a 2 em casa e perdeu no Sul do Estado por 3 a 0. No próximo domingo, em Tubarão, precisará fazer isso se quiser conquistar o quarto título da Copa SC na história. Vitória do Bruscão por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis e por dois gols ou mais dá o troféu para o time do Vale. Já um empate ou qualquer vitória do time da casa dá o título para o Tubarão.

Jornal de Santa Catarina
Busca