JEC/Krona é finalista da Liga Nacional de Futsal - Esportes - Santa

Versão mobile

Liga Futsal11/11/2017 | 15h31Atualizada em 11/11/2017 | 18h01

JEC/Krona é finalista da Liga Nacional de Futsal

Tricolor arrasou o Foz no tempo normal e voltou a vencer na prorrogação para confirmar a vaga

JEC/Krona é finalista da Liga Nacional de Futsal Divulgação / Assessoria do JEC/Assessoria do JEC
Foto: Divulgação / Assessoria do JEC / Assessoria do JEC

O JEC/Krona é finalista da Liga Nacional de Futsal. Na tarde deste sábado, o Tricolor passou pelo Foz Cataratas no tempo normal e na prorrogação para a festa de um Centreventos lotado. Nos primeiros 40 minutos, os catarinenses aplicaram um 6 a 0 espetacular, com gols de Fernando, Fernandinho (dois), Leco e Jackson (dois).

Na prorrogação, o Joinville sofreu e viu o rival sair na frente com um gol de Vini. Mas na segunda etapa do tempo-extra, Fernandinho e Leco definiram a vitória por 2 a 1 e a vaga na final. 

Agora, o JEC/Krona aguarda a definição do segundo finalista, que sairá da partida entre Marreco e Assoeva, neste domingo. As duas partidas que valem o título inédito ocorrerão nos dias 27 de novembro e 1º de dezembro.

O JEC/Krona começou o duelo de forma arrasadora. Com a força da torcida, encurralou o Foz Cataratas e construiu a vitória com larga vantagem no placar ainda no primeiro tempo. Com dois minutos e meio de jogo, Fernando aproveitou sobra de bola dentro da área para chutar forte, sem chances para o goleiro Gian: 1 a 0. O segundo veio um minuto e meio depois. O Foz saiu jogando errado e Fernandinho aproveitou para marcar. 

Este começo ruim deixou os paranaenses nervosos e as faltas foram se acumulando. Em cinco minutos, o Foz já havia cometido cinco faltas. O castigo veio a 13min09s do fim do primeiro tempo. Jackson cobrou a sexta falta no canto esquerdo de Gian e fez o terceiro.

A goleada ficou ainda maior quando Leco aproveitou contra-ataque, a 9min24s para o fim do primeiro tempo. Ainda na primeira etapa, após lindo passe de Xuxa, Fernandinho fez o quinto e Jackson, em outra cobrança de tiro-livre, fez o sexto. 

Após atropelar o adversário na primeira etapa, os joinvilenses apenas administraram o confronto na segunda etapa. O Foz, pensando na prorrogação, também se poupou nos 20 minutos finais e o jogo até se tornou chato. Sem nenhum interesse dos dois lados, a partida caminhou sem mudanças para a prorrogação. 

Descansado, na prorrogação o Foz cresceu e começou melhor. E para aumentar a dramaticidade do jogo, Vini abriu o placar restando 1min44s para o fim do primeiro tempo. 

No segundo tempo, Vander Iacovino voltou com o goleiro-linha. A pressão aumentou e, numa indecisão do Foz, a bola sobrou limpa para Fernandinho, que marcou o gol do alívio. No fim, a 37 segundos, em outra saída de bola errada do Foz, Leco definiu a classificação joinvilense à final.

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteFigueirense acerta a renovação de Zé Antônio, Jorge Henrique, João Paulo e André Luís https://t.co/zYkaFmOgK5 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporte'Foi uma decisão precipitada', diz Marcus Silva sobre pedido de impeachment do presidente do JEC https://t.co/014AB4r6hY #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca