Melhores do esporte catarinense em 2017 recebem o Troféu Gustavo Kuerten - Esportes - Santa

Versão mobile

Reconhecimento28/11/2017 | 22h16Atualizada em 28/11/2017 | 22h17

Melhores do esporte catarinense em 2017 recebem o Troféu Gustavo Kuerten

Goleiro do Avaí foi eleito o melhor atleta de futebol profissional do ano

Melhores do esporte catarinense em 2017 recebem o Troféu Gustavo Kuerten Saul Oliveira/SOL
O goleiro Douglas recebeu os troféus das mãos de Gustavo Kuerten, que é torcedor do Avaí Foto: Saul Oliveira / SOL
DC Esportes
DC Esportes

Os destaques do esporte catarinense em 2017 foram homenageados na noite desta terça-feira em Florianópolis. Em cerimônia realizada no Teatro Pedro Ivo, foram definidos os vencedores de 15 categorias do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte. Um dos destaques foi o goleiro Douglas, do Avaí, eleito o melhor atleta de futebol.

Neste ano, a votação pela internet contou com 10.078 participações que ajudaram a definir os finalistas desta edição. Entre os cinco finalistas em cada categoria, sendo os três mais votados pela Internet e outros dois indicados pelo Conselho Estadual de Esporte, os vencedores foram definidos pela curadoria do Troféu, formada por representantes da SOL, Fesporte, Conselho Estadual de Esporte, Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), Conselho Regional de Educação Física (Cref), Associação de Cronistas Esportivos (Acesc), Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (Afesc) e Instituto Guga Kuerten (IGK).

Acompanhado da família, Guga, que empresta o nome à homenagem, destacou o quanto o esporte moldou sua vida desde a infância, com menção especial aos treinadores, que enfrentam o desafio diário de motivar os atletas. 

- Precisamos motivar as pessoas, incentivar. Não adianta ter estrutura, ter eventos, se não tivermos os atletas - comentou.  

Vencedores de 2017
O Melhor Atleta: Eder Giovani Luciano (Bodyboarding)
A Melhor Atleta: Mariany Hatori Miyamoto (Ginástica Rítmica)
O Melhor Atleta Paradesportivo: Bruno Becker da Silva (Natação)
A Melhor Atleta Paradesportivo: Suélen Marcheski de Oliveira (Atletismo)
O Melhor Atleta de Futebol Profissional: Douglas Alan Schuck Friedrich (Avaí)
O(a) Atleta Revelação: Lucas Moresco Zimmermann (Bicicross)
O(a) Atleta Revelação Paradesportivo: Emanuelly Keilla Remoaldo (Atletismo)
A Melhor Entidade Esportiva: Desterro Rugby Clube
A Melhor Entidade Paradesportiva: Associação do Paradesporto de Blumenau (Atletismo)
O(a) Melhor Técnico: Vanessa Hageman (Ginástica Rítmica)
O(a) Melhor Técnico do Paradesporto: Guilherme Ribeiro Soares (Remo paralímpico)
A Melhor Equipe Esportiva: Adiee Udesc Fme: Juvenil (Ginástica Rítmica)
A Melhor Equipe Paradesportiva: Equipe FME/Mampituba De Tênis De Mesa Paralímpico
O(a) Melhor Árbitro(a): Bernadete Conte (Atletismo)
O(a) Melhor Árbitro(a) do Paradesporto: Ademar José Kammler (Atletismo)

Jornal de Santa Catarina
Busca