Messi coloca Espanha, Brasil, Alemanha e França como favoritas na Copa - Esportes - Santa

Versão mobile

Buenos Aires08/11/2017 | 12h20

Messi coloca Espanha, Brasil, Alemanha e França como favoritas na Copa

AFP
AFP

Líder e estrela da seleção argentina, Lionel Messi avaliou que prefere evitar enfrentar a Espanha na frase de grupos da Copa do Mundo da Rússia-2018, colocando o país como favorito ao título ao lado de Brasil, Alemanha e França.

"O pior que nos pode acontecer no sorteio para a fase de grupos é a Espanha. É preciso evitá-los pelo que significa a seleção espanhola, um rival muito difícil. Os candidatos são Espanha, Brasil, Alemanha, França. Estão com imagem melhor, melhor jogo e também bem individualmente", disse Messi em declarações ao canal TyC Sports nesta quarta-feira.

Depois do treino em Moscou para o amistoso contra a Rússia, no sábado, o artilheiro disse que o sonho dos jogadores da Argentina é conquistar a Copa do Mundo.

"Não penso no futuro. Penso no mais próximo, que é conseguir o que tanto desejamos. Falta muito pouco tempo", indicou o artilheiro e capitão da Argentina.

Perguntado sobre se na seleção jogam "os amigos de Messi", como garantem alguns veículos de comunicação, o camisa 10 negou e revelou que esses comentários provocam risadas: "são tantas barbaridades que são ditas... É uma falta de respeito aos meus companheiros e a mim", destacou.

O jogo vai ser disputado no Estádio Olímpico de Luzhniki, escolhido para a partida de abertura e a final do Mundial.

A Argentina também vai enfrentar a Nigéria em amistoso, na terça-feira, em Krasnodar. Mas Messi deve voltar à Barcelona e ficar de fora da disputa.

- Abraço em Maradona -

Sobre o recente encontro com o lendário compatriota Diego Maradona, durante a entrega dos prêmios "The Best" Fifa, Messi disse que os dois se abraçaram mas não tiveram "chance de conversar, foi muito rápido. Tinha muita gente e ficou faltando um papo".

Quando o tema foi o rival ao título de melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, o argentino lembrou a brincadeira do filho do português, que se aproximou para cumprimentá-lo. Ronaldo Junior considera Messi um ídolo: "já tínhamos nos cumprimentado em outros eventos", comentou sorridente.

Messi comentou a frase dita pelo compatriota Paulo Dybala, que disse que "era difícil jogar ao lado de Messi": "Eu entendi o que ele quis dizer, mas as pessoas entenderam de outro jeito", avaliou o camisa 10.

O craque espera o terceiro filho, depois de Thiago e Mateo, e torce que seja uma menina: "o nome ainda não sabemos, faltam meses. Esperamos que venha a menina".

- Promessa -

Messi admitiu que foi difícil conseguir a classificação e que não merecia tanto sofrimento ao garantir a vaga na Copa do Mundo na última rodada, depois de vencer o Equador por 3 a 1, em Quito. "Graças a Deus conseguimos", disse.

O "Pibe" prometeu sair de sua casa, em Arroyo Seco, até o monumento da Basílica da Virgem de San Nicolás se conquistar a Copa do Mundo na Rússia.

Messi também revelou detalhes de sua intimidade na concentração, onde bebe mate e joga truco com Sergio Aguero: "meu velho (pai) sempre foi muito crítico comigo", revelou.

"Você vai terminar a carreira no Newell's?" de Rosario, perguntaram . "Adoraria, porque era meu sonho desde pequeno. Mas não sei o que vai acontecer nem como vou estar", respondeu.

* AFP

Jornal de Santa Catarina
Busca