Perto da permanência, Figueirense enfrenta o América-MG no Scarpelli - Esportes - Santa

Versão mobile

Série B11/11/2017 | 07h00Atualizada em 11/11/2017 | 07h00

Perto da permanência, Figueirense enfrenta o América-MG no Scarpelli

Para ficar a 1% do objetivo, Figueira precisa vencer neste sábado, às 17h30min

Perto da permanência, Figueirense enfrenta o América-MG no Scarpelli Artes DC/Artes DC
Foto: Artes DC / Artes DC
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Resta pouco para ficar perfeito. Se o dever for cumprido no jogo das 17h30min, vai faltar aquele 1% para que o Figueirense esteja livre do risco de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Porém, o adversário também entra em campo em busca do mesmo percentual. O América-MG visita o Orlando Scarpelli determinado a vencer e estar praticamente na elite do Brasileirão da próxima temporada.

Com 43 pontos conquistados, o Figueira está próximo de alcançar a soma projetada como segura para não correr risco de ser rebaixado. No momento, a equipe que terminar o torneio com 46 pontos tem apenas 1% de risco. A matemática não basta, mas o descenso é improvável com tal conta.

Já o time mineiro chega a Florianópolis com 63 pontos e a partida pode carimbar o passaporte para a Série A. Uma vitória no Scarpelli leva o América-MG aos 66 pontos. Também conforme o Departamento de Matemática da UFMG, que calcula probabilidades dos campeonatos brasileiros, com essa quantidade de pontos o Coelho de Minas tem 99% de chances de acesso. Faltaria apenas aquele 1%.

Os americanos teriam que acabar com a ótima sequência do Figueirense como mandante. Neste segundo turno de Série B, desde quando passou a ser dirigida pelo técnico Milton Cruz, a equipe alvinegra não sabe o que é derrota em casa. São 90,5% de aproveitamento nos sete jogos no Scarpelli, com seis vitórias e apenas um empate. O desempenho dá confiança ao time alvinegro para ampliar o número e botar o Figueira mais perto do objetivo traçado no decorrer da competição.

— Esses últimos jogos estão sendo decisões e agora é uma decisão diferente. É o jogo mais importante do ano para a gente. Temos que ganhar, o América é uma boa equipe. Mas estamos jogando bem, em casa, vamos aproveitar esse momento — disse o zagueiro Ferreira.

Ele deve seguir como titular ao lado Naylhor, apesar de o técnico Milton Cruz ter à disposição Marquinhos e Henrique Trevisan, liberados pelo departamento médico. A tendência é a repetição da escalação que ganhou do Brasil-RS há duas rodadas, justamente o último compromisso em casa.

Ficha técnica

Figueirense: Saulo; Dudu, Ferreira, Naylhor e João Lucas; Dudu Vieira, Zé Antônio, Marco Antônio e Renan Mota; Jorge Henrique e André Luís. Técnico: Milton Cruz.
América-MG: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Juninho, Ernandes, Gérson Magrão, Renan Oliveira e Felipe Amorim; Bill. Técnico: Enderson Moreira.
Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa (trio do TO).  
Data e horário: neste sábado, às 17h30min
Local: Estádio Orlando Scarpelli

Leia outras notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDesempenho no comando do Figueirense pesa para a permanência de Milton Cruz  https://t.co/0ovbfGbB2h #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteMaicon usa bagagem de grandes jogos para ajudar o Avaí a vencer o Palmeiras https://t.co/jUnAgVHWqI #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca