Barcelona faz o mínimo e garante liderança do grupo D da Champions - Esportes - Santa

Versão mobile

Barcelona05/12/2017 | 19h56

Barcelona faz o mínimo e garante liderança do grupo D da Champions

AFP
AFP

Em partida para cumprir tabela, o Barcelona venceu o Sporting Lisboa por 2 a 0, nesta terça-feira, pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, e garantiu a liderança da chave.

Paco Alcácer abriu o placar, aos 14 minutos do segundo tempo, e Jérémy Mathieu tocou para as próprias redes, aos 46, para definir o placar. Os catalães terminaram na primeira colocação do grupo D com 14 pontos, enquanto os lusos ficaram na terceira posição, com 7, e vão brigar por vaga na Liga Europa.

Garantido nas oitavas de final, o Barcelona poupou suas principais estrelas e foi a campo com um time misto. Lionel Messi e Paulinho entraram no segundo tempo, mas os anfitriões não brilharam e fizeram o mínimo para vencer.

No outro jogo do grupo, a Juventus venceu o Olympiacos fora de casa por 2 a 0 e garantiu a segunda vaga nas oitavas de final, com 11 pontos. O colombiano Juan Quadrado e Federico Bernardeschi fizeram os gols da Velha Senhora.

O sorteio das oitavas de final vai ser realizado na segunda-feira, dia 11 de dezembro. Os líderes dos grupos vão ser os cabeças de chave, enquanto os segundos colocados completarão o outro pote.

- Sem brilho -

Brigando apenas para manter a primeira colocação do grupo, o Barcelona poupou suas principais estrelas e foi a campo com um time misto. Apesar de não contar com Lionel Messi em campo, os catalães dominavam a posse de bola e tinham as melhores chances de gol.

A primeira tentativa clara foi com André Gomes, aos 19 minutos, depois do português tentar jogada individual e chutar da entrada da área. A bola passou rente à trave direita de Rui Patrício. Na seguinte tentativa, Luis Suárez fez boa jogada na área ficando cara a cara com o goleiro, que esticou a perna para fazer grande defesa.

Montado em esquema defensivo que complicou o ataque do Barça na primeira etapa, o Sporting se contentou em defender e buscar o contra-ataque. Mas a única chegada ofensiva foi com Bruno Fernandes arriscando de longe, sem dificuldade para a defesa de Cillessen.

No início da segunda etapa, o panorama do jogo pouco mudou. Diante do paredão português, Suárez estava sempre cercado e não tinha com quem criar jogadas. Nem quem as criasse e deixasse o centro-avante uruguaio em boas condições para marcar.

- Messi e Paulinho -

Ainda assim, a sorte sorriu para o Barcelona, que já via o argentino Lionel Messi se ajeitando no banco de reservas para entrar em campo. Em cobrança de escanteio, aos 14 minutos do primeiro tempo, Paco Alcácer subiu mais que quatro zagueiros e deu leve toque de cabeça para abrir o placar.

Na jogada seguinte, o Sporting quase conseguiu o empate. Após cruzamento pelo lado direito, Bas Dost apareceu livre na área e chutou para a espetacular defesa de Cillessen, aos 17 minutos.

Com Messi em campo, o time português se assustou e começou a deixar o Barcelona jogar. O Sporting estava cômodo com a pontuação que pode dar vaga na Liga Europa, deixando o jogo um grande treino entre o ataque catalão e a zaga lusa.

Messi chutou com perigo da entrada da área, aos 36, para bela defesa de Rui Patrício. O brasileiro Paulinho também entrou em campo e fez boas tabelas com o argentino, sempre procurando infiltrar para ser o elemento surpresa no ataque.

No último respiro da partida, Messi puxou contra-ataque com belo passe em profundidade para Denis Suárez, que cruzou rasteiro procurando Alcácer. Antes do atacante completar, o zagueiro Jérémy Mathieu, ex-Barça, tocou para as próprias redes.

* AFP

Jornal de Santa Catarina
Busca