Copa SP: Chapecoense volta ao torneio com status de time grande - Esportes - Santa

Versão mobile

Com moral31/12/2017 | 08h02Atualizada em 31/12/2017 | 08h02

Copa SP: Chapecoense volta ao torneio com status de time grande

Verdão ficou entre os oito melhores do Brasileiro e da Copa do Brasil Sub-20

Copa SP: Chapecoense volta ao torneio com status de time grande Rafael Bressan/Chapecoense
Tiepo Foto: Rafael Bressan / Chapecoense

Até o ano passado, a Chapecoense era daqueles times considerados fracos no torneio de juniores. Afinal, em duas participações anteriores, não tinha passado da primeira fase. Depois de 2017, quando ficou entre os oito melhores, já não dá para dizer que o Verdão é zebra.

– Pelo que fez na Copa SP anterior e na última, jogando de igual para igual com os principais clubes, os adversários já vêm vacinados. Apesar de manter a base que foi bem em 2017, nós ainda temos alguns momentos em que o time oscila e vamos enfrentar adversários difíceis na primeira fase. E, na segunda fase, podemos novamente enfrentar o São Paulo – projetou o técnico Rodrigo Vicenzi Casarin.

Apesar de ter sido apenas vice-campeão Catarinense no sub-20 e no sub-17, o Verdão ficou entre os oito melhores do Brasileiro e da Copa do Brasil Sub-20 e foi semifinalista da Copa do Brasil Sub-17.

Prova do bom desempenho é que o time teve cinco jogadores e o técnico convocados para a seleção catarinense. Cerca de 70% do time é o mesmo da edição anterior. A proposta é apostar na posse de bola e também pressionar o adversário na saída de jogo. O objetivo é passar da primeira fase.

A principal revelação do time foi o meia Shaylon, que disputou a Copinha em 2015 e chamou a atenção do São Paulo, onde foi titular em alguns jogos de 2017.

O time usou a Copa RS como laboratório para a Copinha e fez um amistoso na sexta-feira passada, contra o time profissional do Concórdia, perdendo por 2 a 1. A delegação viaja neste domingo para o interior de São Paulo. A estreia é no dia 3, às 20h, contra a Ponte Preta. A Chape está no Grupo 9, com sede em Franca, e ainda terá como rivais o Araxá e a Francana.

Ele garante no gol
Apesar de ter apenas 19 anos, o goleiro Giovani Tiepo já é bem conhecido da torcida da Chapecoense. Participou de jogos oficiais pelo time principal e do amistoso contra a Roma, na Itália. A carreira começou aos 10 anos no Internacional de Porto Alegre, quando iniciou como titular e depois perdeu espaço, saindo em 2013. Participou de um peneirão da Chapecoense e foi aprovado.

– Para este ano, a equipe está mais experiente, mas não vai ser fácil. Vamos tentar passar da primeira fase e depois ver o que vai dar – destacou o camisa 1 do Verdão do Oeste.

Confira outras notícias sobre esportes 

Jornal de Santa Catarina
Busca