Real Madrid busca escrever história no Mundial de Clubes; Grêmio quer surpreender - Esportes - Santa

Versão mobile

Abu Dhabi05/12/2017 | 07h06

Real Madrid busca escrever história no Mundial de Clubes; Grêmio quer surpreender

AFP
AFP

O Real Madrid vai ao Mundial de Clubes no Emirados Árabes Unidos com a intenção de fazer história e se tornar o primeiro clube a vencer a nova edição do torneio em dois anos seguidos, enquanto o Grêmio busca repetir o título de 1983.

O torneio, que será disputado em Abu Dhabi e Al Ain entre os dias 6 e 16 de dezembro, vai reunir o seis times campeões de suas respectivas confederações, com o acréscimo de um representante do país anfitrião.

Grêmio e Real Madrid, campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões, respectivamente, não vão entrar em campo antes dos dias 12 e 13, quando começam as semifinais.

O Tricolor gaúcho espera o vencedor do duelo de quartas de final entre o mexicano Pachuca e o marroquino Wydad Casablanca, dia 9 de dezembro.

Já o Real Madrid enfrenta o vencedor das prévias entre o japonês Urawa Red Diamonds, o Al Jazeera local e o neozelandês Auckland City.

O título do Real Madrid teria um efeito tranquilizador para o time de Zinedine Zidane, em crise com os resultados na Liga espanhola. O atual campeão está na quarta colocação a oito pontos do líder Barcelona.

Apesar dos resultados recentes, Zidane afirma que o time está jogando bem mas que faltam os gols.

"Acho que estamos em um bom caminho, existem sinais disso. A energia está aí, é positiva, nos sentimos bem mentalmente. É verdade que este mês é muito importante para recuperar pontos e preparar nosso próximo troféu, o Mundial de Clubes", indicou o francês.

- 'Cristiano-dependência' -

Os merengues estão pagando pela "Cristiano-dependência", já que o craque português Cristiano Ronaldo só marcou dois gols em 14 rodadas no Campeonato Espanhol.

Se vencer a competição, o Real Madrid empata com o Barcelona com três títulos no novo formato da competição, depois de conquistar as edições de 2014 e 2016.

Além disso, consolidaria sua liderança na história da competição com seis troféus, somando os dois títulos no Mundial e os três na Copa Intercontinental, disputada apenas pelos campeões da Europa e da América do Sul.

No dia 27 de outubro, a Fifa anunciou que os times que levantaram a Copa Intercontinental entre 1960 e 2004 são considerados oficialmente campeões mundiais.

O Grêmio, com o técnico Renato Gaúcho, garantiu a vaga na competição global ao conquistar o tricampeonato da Libertadores. O Imortal busca o bicampeonato da competição.

Os brasileiros derrotaram o Hamburgo na final da Copa Intercontinental de 1983 por 2 a 1, com dois gols de Renato Gaúcho. Na final de 1995, contra o Ajax, acabaram derrotados pelos holandeses nos pênaltis.

Os brasileiros querem devolver o título ao país e ao continente, o que não acontece desde 2012, quando o Corinthians superou o Chelsea por 1 a 0 na decisão.

Antes disso, o Internacional superou o Barcelona em 2006. Apesar da rivalidade, o Grêmio pode se inspirar na façanha do lado vermelho de Porto Alegre para enfrentar o gigante espanhol.

O Grêmio confia que Renato Gaúcho possa conquistar o título como jogador e treinador, algo inédito para um brasileiro mas que o francês Zidane já conseguiu realizar como atleta e técnico do Real Madrid.

Outras peças importantes para as chances gremistas são o jovem prodígio Luan, autor de um golaço na final da Libertadores contra o Lanús, e o atacante paraguaio Lucas Barrios.

"Poderia dizer que Luan é o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro", afirmou Renato Gaúcho após a final da Libertadores.

O Grêmio não vai poder contar com outra de suas estrelas, o jovem Arthur. Pretendido pelo Barcelona, o volante machucou o tornozelo esquerdo na decisão do torneio continental.

* AFP

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC conhece nesta sexta seu adversário na Copa do Brasil https://t.co/IUp9OPh5nA #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC/Krona vence o Concórdia e está a um empate do título catarinense https://t.co/muaIMcUXsk #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca