Zagueiro Dudu comemora título do Campeonato Japonês - Esportes - Santa

Versão mobile

Talento do Vale06/12/2017 | 10h43Atualizada em 06/12/2017 | 11h23

Zagueiro Dudu comemora título do Campeonato Japonês

Zagueiro catarinense volta ao Estado após ser campeão pela J-League 

Zagueiro Dudu comemora título do Campeonato Japonês Divulgação/Kawasaki Frontale
Foto: Divulgação / Kawasaki Frontale

Quando voltar para casa na quinta-feira para passar as férias depois da quarta temporada no futebol do Japão, Dudu trará uma bagagem extra e muito esperada pela família. O zagueiro – que deu os primeiros passos para o futebol no Clube Atlético Tupi, de Gaspar, e foi revelado profissionalmente pelo Metropolitano, ainda como lateral-esquerdo – conquistou no último dia 1º o título do Campeonato Japonês, a J-League, jogando pelo Kawasaki Frontale.

Foi o primeiro título de Dudu na carreira e também o primeiro do clube, fundado há 21 anos. A conquista veio com requintes de emoção – e de crueldade para a torcida japonesa. O time tem outros três brasileiros no elenco e não havia liderado o campeonato em nenhuma rodada, embora tivesse chegado à final da Copa Nabisco, a Copa da Liga Japonesa. Na reta final do Campeonato Japonês, emplacou uma série de 15 jogos invictos e tirou o título das mãos do tradicional Kashima Antlers na última rodada. O Frontale venceu o Omiya Ardija por 5 a 0 e contou com um empate sem gols do Kashima para igualar a pontuação final em 72 pontos. Com vantagem no saldo de gols, primeiro critério de desempate, o Kawasaki Frontale de Dudu ficou com a taça.

– No último jogo já estávamos ganhando por 4 a 0, mas dependíamos de um empate no jogo do Kashima. Estávamos acompanhando pelo celular e nosso time fez o quinto gol exatamente quando soubemos que acabou o jogo lá. Foi a festa do gol, do título, uma loucura, muita comemoração. É uma sensação maravilhosa poder ajudar na conquista do time e colocar o nome na história do clube – conta Dudu.

A temporada do zagueiro catarinense começou tarde por causa de uma cirurgia no ombro feita no início do ano. Desde maio, porém, o defensor atuou como titular em 12 partidas, nas quais o Frontale faturou 27 dos 36 pontos disputados. Dudu já está adaptado não só ao futebol local, mas ao Japão como um todo. Nas horas vagas, visita amigos feitos nas passagens por clubes como o Kashiwa Reysol e Tochigi. Quando recebe amigos ou familiares, os passeios preferidos são na Disney japonesa e nas movimentadas ruas de Tóquio, que fica a cerca de 30 quilômetros de sua nova casa.

Férias, sequência no Japão e sonho europeu

Aos 24 anos, Dudu comemora o título japonês três anos depois de ser convocado para a Seleção Brasileira Sub-21, onde conviveu com jogadores como Felipe Anderson, Wellington Silva e Rafinha (Barcelona). O privilégio de vestir a amarelinha ainda move o zagueiro catarinense, e os campos nipônicos devem continuar sendo os gramados em que Dudu buscará mostrar seu potencial. A projeção do futebol que Zico ajudou a difundir no início dos anos 1990 alcança competições como o Mundial de Clubes, onde no ano passado o Kashima Antlers quase venceu o poderoso Real Madrid, e a oportunidade de disputar a Liga dos Campeões da Ásia na próxima temporada animam Dudu para os próximos passos na carreira.

– É uma frase pronta, mas a gente nunca sabe o dia de amanhã. O objetivo por enquanto é seguir no Japão, aparecer aqui, fazer meu nome para quando aparecer uma oportunidade boa, poder realizar o sonho de jogar em uma liga de expressão da Europa – conta.

Antes de tudo, porém, Dudu faz uma pausa para aproveitar um mês de férias com a família em Gaspar. A medalha de campeão japonês vai ser trazida com carinho na bagagem para ser mostrada à família e ao primeiro treinador.

– Apesar de estar em contato com eles (família e amigos) sempre, a saudade do Brasil tá grande. Um ano longe de casa é bastante tempo. Vai ser bom descansar, curtir com amigos e família para ano que vem recomeçar tudo com força total – conta Dudu.

Jornal de Santa Catarina
Busca