Clube escocês pode ser punido por torcedores que zombaram de jogador cego de um olho - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Londres03/01/2018 | 16h15

Clube escocês pode ser punido por torcedores que zombaram de jogador cego de um olho

AFP
AFP

Torcedores do Falkirk jogaram em campo olhos falsos para zombar de um jogador cego de um olho da equipe adversária do Dunfermline, uma 'brincadeira' ocorrida durante partida da segunda divisão escocesa e que poderia valer uma dura suspensão ao clube.

A manifestação ocorreu na última terça-feira e a vítima foi o meia norte-irlandês Dean Shields, de 32 anos, que perdeu a visão do olho direito em um acidente doméstico quando tinha 8 anos.

A Federação Escocesa (SFA) anunciou que estudará o relatório do delegado da partida e poderá punir o Falkirk.

"O Falkirk FC pede desculpas sinceras pelo comportamento odioso de um pequeno número de pessoas. O clube condena sem exceção e duramente os abusos dos quais Dean Sields foi objeto", se defendeu em nota o clube nesta quarta-feira, afirmando que está trabalhando para identificar os culpados.

"Não permitiremos que este comportamento vergonhoso se repita", concluiu o texto.

Contudo, não é a primeira vez nesta temporada que o Falkirk está envolvido em 'brincadeiras' de mau gosto com Shields.

Em outubro, durante uma partida da Copa da Escócia, dois jogadores, Joe McKee e Kevin O'Hara zombaram do problema físico do norte-irlandês, que acabava de ser expulso por uma falta.

O'Hara recebeu oito jogos de suspensão e McKee quatro.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca