Com Romário na torcida, Figueirense vence o Criciúma no Scarpelli - Esportes - Santa

Versão mobile

 

ESTADUAL17/01/2018 | 23h50Atualizada em 17/01/2018 | 23h56

Com Romário na torcida, Figueirense vence o Criciúma no Scarpelli

Apesar das boas defesas de Luiz, Alvinegro larga com vitória com gol de Maikon Leite

Com Romário na torcida, Figueirense vence o Criciúma no Scarpelli Leo Munhoz/Diário Catarinense
Estreante, Maikon Leite comemora o seu primeiro gol pelo Furacão Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Romário foi ao Orlando Scarpelli ver o Figueirense contra o Criciúma e esperava ver o filho em ação, na estreia dos times no Campeonato Catarinense 2018. Romarinho entrou em campo nos instantes finais. Alegrou o programa do Baixinho na noite de quarta-feira, em Florianópolis. O campeão mundial com a Seleção Brasileira e hoje senado viu o goleiro Luiz brilhar, mas não o bastante para conter o Figueira. Maikon Leite conseguiu bater o camisa 1 do Tigre para cravar o gol do 1 a 0 alvinegro.

Na segunda rodada do Estadual, o Figueirense vai a Tubarão enfrentar os donos da casa e o Criciúma estreia diante de sua torcida contra o Concórdia. Todos os jogos estão marcados para as 17h de domingo.

Passados 15 minutos, o jogo era igual. O Figueirense exigiu, ainda que pouco, do goleiro Luiz e o Criciúma mandou duas finalizações de fora da área que obrigaram Denis acompanhar a saída da redonda pela esquerda da trave.  Cinco minutos depois, Betinho caiu pelo lado direito e centrou. O arqueiro do Tigre deu um toque sutil para desviar do contato do centroavante André Luís e evitar a abertura do placar pelos alvinegros. A resposta foi de Douglas Moreira, aos 30 e de longe. O camisa 1 do Figueira evitou com a ponta dos dedos. Mas o toma lá dá cá acabaria com o Figueira mais perigoso no campo de ataque.

Logo em seguida, Maikon Leite conseguiu entrar na área e da risca dela soltar o chute rasteiro que Luiz bloqueou. O goleiro apareceu novamente aos 41, com uma grande defesa. Batida falta lateral, Zé Antônio triscou de cabeça e o camisa 1 do Criciúma foi buscar no cantinho. Assim continuou no recomeço da partida, após o intervalo. O guarda-metas defendeu arremate de Lazaroni. Porém, ele não teve o que fazer aos cinco minutos da etapa complementar. A enfiada de bola pelo lado direito encontrou Maikon Leite para arrancar até a frente de Luiz e estufar as redes: 1 a 0 pro Figueirense.

Romário no Orlando Scarpelli Figueirense
Romário esteve presente na estreia do filho, que entrou nos instantes finais do jogoFoto: João Lucas Cardoso / Diário Catarinense

Além da desvantagem no placar, a situação ficou ainda mais complicada ao Criciúma aos 15. Barreto cometeu falta dura em Betinho, tomou o segundo cartão amarelo e deixou a equipe com um homem a menos. Satisfeito com a situação, o Figueirense se recolheu e saia na boa. Como foi aos 24, em que João Paulo encheu o pé o goleiro Luiz, melhor do Tigre em campo, fez uma defesa difícil. Aos 34, fez duas defesas seguidas em tentativas de Gustavo Ferrareis, que entrou no segundo tempo. A vitória alvinegra ainda teve a estreia de Romarinho, filho de Romário, no instantes finais. Entrou para ser o homem de referência do ataque alvinegro. Da barreira, torceu para que a falta batida por Carlos Eduardo não entrasse. A trave evitou o empate no jogo que encerrou a primeira rodada do Campeonato Catarinense.  

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE
Denis; Samuel Santos, Nogueira, Trevisan e Lazaroni; Zé Antônio, Betinho, Felipe Amorim e João Paulo (Gustavo Ferrareis); Maikon Leite (Ronaldo) e André Luís (Romarinho).
Técnico: Milton Cruz.

CRICIÚMA
Luiz; Carlos Eduardo, Sandro, Nino e Eltinho (Kalil); Barreto, Douglas Moreira, Wallacer (Elvis) e Alex Maranhão; Andrew (Lucas Bessa) e Siloé.
Técnico: Lisca.

GOL: Maikon Leite, aos 5 do segundo tempo (F).
CARTÕES AMARELOS: João Paulo, Nogueira e Samuel Santos (F). Siloé e Wallacer (C).
EXPULSÃO: Barreto (C).
BORDERÔ: público de 4.467 (total), para a renda de R$ 82.911,00.
ARBITRAGEM: Rodrigo D'Alonso Ferreira, auxiliado por Helton Nunes e Thiago Americano Labes.
LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis.  

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca