Comissões em negociações duplicaram nos últimos cinco anos, diz Fifa - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Paris09/01/2018 | 16h00

Comissões em negociações duplicaram nos últimos cinco anos, diz Fifa

AFP
AFP

A Fifa publicou relatório, nesta terça-feira, prestando contas sobre os valores pagos por clubes de futebol a intermediários em negociações, e indicou que as cifras dobraram no últimos cinco anos.

Em 2017, os clubes pagaram 446 milhões de dólares em comissões a intermediários, agentes ou representantes envolvidos em transferências de jogadores. Em 2013, o valor era 218 milhões de dólares.

Desde janeiro de 2013, os clubes gastaram 1,59 bilhões de dólares em comissões, segundo valores da Fifa-TMS, plataforma da entidade mundial do futebol que registra as transações internacionais.

Os clubes ingleses são os que mais pagaram comissões no último lustro, com 489,9 milhões de dólares gastos. Os clubes italianos (343,8 mi) e portugueses (161,1 mi) completam o pódio.

Desde janeiro de 2013, 70.000 transferências internacionais foram registradas, sendo 20% delas com participação de pelo menos um intermediário, segundo as cifras oficiais.

Na última janela de contratações, entre julho e agosto de 2017, o intermediário mais falado com o empresário israelense Pini Zahavi, envolvido na venda recorde do brasileiro Neymar ao Paris Saint-Germain, por 222 milhões de euros.

Segundo o jornal L'Equipe, o agente de 74 anos cobrou 12 milhões pela operação. A cifra não foi nem confirmada nem desmentida, tanto pelo clube quanto pelo interessado.

* AFP

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteBrusque acerta o retorno do volante Valkenedy https://t.co/hEcZh3ZQK8 #LeiaNoSantahá 7 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteConfira a repercussão pelo mundo da aposentadoria de Tiago Splitter https://t.co/M7Sxfwr7mb #LeiaNoSantahá 28 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca