Nova diretoria já trabalha no JEC e quita dívidas - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Futebol09/01/2018 | 20h30Atualizada em 09/01/2018 | 20h32

Nova diretoria já trabalha no JEC e quita dívidas

Clube quer resolver todos os problemas financeiros com parceria no marketing

Nova diretoria já trabalha no JEC e quita dívidas Divulgação / JEC/JEC
José Acácio Piccinini, Alexandre Poleza, Delcir Silveira Junior, Vilfred Schapitz, Luiz Fernando Bublitz e Sergio Régis  Foto: Divulgação / JEC / JEC

A nova diretoria do Joinville só será oficializada em abril, mas os trabalhos começaram na quinta-feira passada. E os seis diretores se fazem presentes no CT do Morro do Meio diariamente. Nesta terça, por exemplo, todas as salas do CT estavam ocupadas pelos novos gestores. 

A novidade na diretoria é a entrada de Luiz Fernando Bublitz, que assumiu o comando da diretoria de patrimônio. Entre os gerentes, estão Sergio Alexandre Régis (administrativo/financeiro); Jean Luciano Nascimento (comercial); e Paulo Amaral (coordenador técnico das categorias de base).

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Confira as últimas notícias do esporte  

Um dos primeiros acertos do grupo foi a regularização do pagamento dos salários dos funcionários e atletas do JEC. Nesta semana, o Tricolor quitou o 13º, férias e uma das parcelas do acordo feito pela gestão Jony Stassun para o pagamento dos meses de julho e agosto. Além destes ajustes, o Joinville já adiantou o direito de imagem e o auxílio-moradia de dezembro, que venceriam neste mês. As regularizações só foram possíveis graças ao recurso de R$ 1 milhão que o JEC recebeu junto à Caixa pelas apostas feitas na Timemania

Para ter todos os pagamentos em dia, o JEC ainda precisa acertar os direitos de imagem de outubro (que venceram em novembro), novembro (que venceram em dezembro) e a última parcela do acordo para o pagamento dos meses de julho e agosto. O Joinville trabalha um plano para aumentar o número de sócios, que daria fôlego na quitação de todas as dívidas – até o fim do ano, o clube pretende voltar a ter 10 mil sócios. 

PLANO PARA OS SÓCIOS
Para aumentar o número de sócios, o Joinville entrou em acordo com a empresa Emulti, que apresentou um plano que agradou ao clube. A ideia é que ela faça campanhas e atraia os sócios por meio de mais benefícios. O primeiro projeto já saiu do papel: como agradecimento aos 3.500 sócios que se mantêm ativos, o JEC vai oferecer uma placa com o nome do sócio nas cadeiras da Arena – basta o torcedor escolher o local que deseja e, claro, todas as cadeiras da Arena estarem instaladas. 







 
Jornal de Santa Catarina
Busca