COI pode liberar atletas russos punidos por doping a ir aos JO de Inverno - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Pyeongchang03/02/2018 | 09h39

COI pode liberar atletas russos punidos por doping a ir aos JO de Inverno

AFP
AFP

Treze atletas russos e dois treinadores, punidos por doping e depois absolvidos pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), talvez possam participar nos Jogos Olímpicos de 2018 em Pyeongchang, Coreia do Sul, anunciou neste sábado o Comitê Olímpico Internacional (COI).

A seis dias do início da disputa olímpica (9-25 fevereiro), os 15 casos serão examinados por um painel do COI presidido pela francesa Valerie Fourneyron.

O TAS levantou integralmente na quinta-feira as sanções que pesavam contra 28 esportistas russos, infligidas pelo COI, por sua suposto envolvimento no sistema de doping implantado pelo Estado russo, e que custou a este país sua suspensão dos Jogos de Inverno.

Desses 28 atletas, apenas 15, dos quais dois são treinadores, poderão participar nos Jogos, já que os demais estão aposentados ou não elegíveis, segundo fonte ligada ao dossiê.

Uma comissão de disciplina do COI havia suspendido de forma vitalícia um total de 43 atletas russos, dos quais 42 apelaram ante o TAS. Desses 42, 28 tiveram suas sanções suspensas. Para os 11 restantes, o TAS anulou a suspensão vitalícia, mas manteve as sanções para os Jogos de Pyeongchang.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca