Com foco no Catarinense 2018, Chape quer recuperar terreno diante do Brusque - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 

Estadual11/02/2018 | 08h27Atualizada em 11/02/2018 | 08h27

Com foco no Catarinense 2018, Chape quer recuperar terreno diante do Brusque

Após eliminação na Libertadores, Verdão volta a contar com titulares diante do Brusque depois de poupar atletas em dois jogos

Com foco no Catarinense 2018, Chape quer recuperar terreno diante do Brusque Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
Darci Debona e Jornal de Santa Catarina

darci.debona@somosnsc.com.br

Eliminada da Libertadores, a Chapecoense volta a utilizar seu time titular neste domingo, 17h, contra o Brusque. A missão do Verdão na partida pela sétima rodada, na Arena Condá, é recuperar terreno no Campeonato Catarinense 2018, perdido por causa da participação na fase inicial do torneio continental. Contra o Hercílio Luz, fora de casa, e Tubarão, na sexta-feira, o técnico Gilson Kleina utilizou jogadores que atuaram pouco e das equipes de base do clube. Nestas duas rodadas, o Figueirense tomou a liderança e abriu vantagem.

Único time na Série A do Campeonato Brasileiro e com maior orçamento do Estadual, a presença da Chape na final do Catarinense é vista quase como uma obrigação pelos torcedores. O conjunto verde também quer terminar a primeira fase em primeiro lugar para trazer a decisão para a Arena Condá.

Por isso o confronto deste domingo contra o Brusque é considerado fundamental, para tentar se aproximar do Figueirense. Até porque com a saída precoce na Libertadores, a missão do primeiro semestre é conquistar o inédito tricampeonato estadual — algo que não ocorre em Santa Catarina desde 2004, quando o Figueirense foi campeão pelo terceiro ano seguido.

— Vamos dar sequência ao Catarinense que é o nosso objetivo agora. Temos grandes jogos pela frente, Brusque e depois dois clássicos (contra Figueirense e Avaí). Precisamos estar com a cabeça erguida e focados para fazer nosso melhor no campeonato – apontou o zagueiro Fabrício Bruno.

O Brusque tem a tarefa de dividir dois sentimentos e experiências distintas: a boa fase no Campeonato Catarinense (invicto desde a chegada do técnico Pingo) e a eliminação para o Ceará na Copa do Brasil quarta-feira. E é nesse trabalho psicológico que a comissão técnica precisou focar nos últimos dias, para que o ânimo da equipe volte ao Estadual com o menor impacto possível pela eliminação.

Para o time do Vale do Itajaí, uma vitória contra a favorita Chape pode representar um salto para a parte de cima da tabela e ampliar para quatro partidas a série sem derrotas, que já tem duas vitórias e um empate.  O time comandado por Pingo fez o último treino no Augusto Bauer sexta de manhã e logo na sequência iniciou a viagem para o Oeste. O time que deve ir a campo ainda tem dúvidas, mas o zagueiro Antônio Carlos e o lateral-direito João Carlos são ausências confirmadas enquanto se recuperam de lesões.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE
Jandrei, Apodi, Fabrício Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Moisés Ribeiro e Márcio Araújo; Arthur Caike, Wellington Paulista e Guilherme. Técnico: Gilson Kleina.

BRUSQUE
Dida; Carlos Alberto, Cleyton, Douglas Silva e Neguete; França, Adãozinho, Clebson (Ruan) e Jean Dias; Rafinha e Wilson Junior. Técnico: Pingo.

ARBITRAGEM: Célio Amorim, auxiliado por Éder Alexandre e Maíra Americano Labes.
DATA E HORA: às 17h de domingo.
LOCAL: Arena Condá, em Chapecó.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca