Elenco do Criciúma destaca luta e valoriza ponto conquistado na Serra - Esportes - Santa

Versão mobile

 

De bom tamanho10/02/2018 | 21h42Atualizada em 10/02/2018 | 21h42

Elenco do Criciúma destaca luta e valoriza ponto conquistado na Serra

Tigre se mantém na zona de rebaixamento, mas ganha uma posição e deixa a lanterna

Elenco do Criciúma destaca luta e valoriza ponto conquistado na Serra Tiago Neoti/Criciúma EC / Divulgação/Divulgação
Foto: Tiago Neoti/Criciúma EC / Divulgação / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

Apesar de ampliar para cinco jogos a série sem vitória no Campeonato Catarinense 2018, o elenco do Criciúma ficou satisfeito com o 2 a 2, diante do Inter de Lages, no Estádio Tio Vida, na noite deste sábado de Carnaval, na Serra, pela sétima rodada. O meia Wallacer foi um dos que valorizaram o ponto conquistado, principalmente por considerar que o Tigre ficou atrás do placar por duas vezes durante os 90 minutos.

– Está sendo assim, no sufoco, quando na técnica não dá tem que mostrar vontade e raça. Temos mostrado evolução em campo e quando colocamos a bola no chão criamos oportunidades. Importante é que lutamos e pontuamos. E esse ponto pode fazer a diferença lá na frente. Na quarta teremos mais uma guerra. Contamos com a presença do torcedor – disse o meia ao deixar o gramado.

Autor do primeiro gol do Tigre, o jovem Andrew lamentou não ter continuado em campo quando o time mais precisava. Ele sofreu uma pancada e saiu mais cedo, porém, enfatizou que é preciso voltar a vencer o quanto antes para que o time deixe as últimas colocações.

– Queria continuar em campo, mas a pancada pegou em cima do osso. Fico feliz pelo gol e ajudar a equipe. Espero que na quarta-feira a vitória venha. Não importa a posição que eu jogue. Quero mesmo é ajudar – falou Andrew.

O experiente atacante Mailson cobrou mais atenção do elenco. Para o jogador, falou mais atenção nos dois lances que dos gols do Inter de Lages e isso foi determinante para o placar.

– A gente pode empatar e saímos com um ponto importante. Não podemos errar como erramos hoje. Isso tem que acabar. Como sou mais velho, a gente se cobra. A equipe tem que entrar mais ligara, pois tudo vai dar certo – completou.

Com cinco pontos e na penúltima colocação, o Tigre volta a campo na quarta-feira, às 20h30min, quando recebe o Joinville, no Herbiberto Hülse, pela oitava rodada.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca