No embalo da folia, Avaí pega o Tubarão de olho no bloco dos líderes - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Catarinense 201812/02/2018 | 06h15Atualizada em 12/02/2018 | 06h15

No embalo da folia, Avaí pega o Tubarão de olho no bloco dos líderes

Partida encerra a sétima rodada nesta segunda-feira de Carnaval, às 16h

No embalo da folia, Avaí pega o Tubarão de olho no bloco dos líderes Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Embalado pela folia do Carnaval, o Avaí entra em campo nesta segunda-feira como uma meta específica: não escorregar no ritmo samba e, assim, permanecer colado no bloco dos líderes do Campeonato Catarinense 2018, que conta com o rival e único invicto Figueirense, com a segunda colocada Chapecoense e com o terceiro lugar Joinville. O Leão enfrenta o Tubarão, às 16h, na Ressacada, em partida que encerra a sétima rodada do Estadual.

O Leão chega para o confronto empolgado após vencer o Criciúma, por 1 a 0, no Catarinense, e o Ceilândia-DF, por 3 a 2, na Copa do Brasil. O Avaí soma 10 pontos, na quarta colocação. O técnico Claudinei Oliveira, porém, faz mistério e não confirma o time que começa jogando. Ao menos duas situações estão definidas. As ausências do volante André Moritz, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e do atacante Getúlio, expulso na rodada passada.

No setor ofensivo, Romulo deve reaparecer entre os titulares pelo Estadual após abrir o caminho para a classificação do Avaí na Copa do Brasil. Já no meio de campo, o treinador azurra deve apostar no jovem Luanzinho, de 17 anos. Ele marcou seus dois primeiros gols como profissional pelo Leão na vitória sobre o Ceilândia, na quarta-feira.

– Não sei se vou ser titular, vamos deixar com o professor Claudinei. Ele tem várias opções além de mim. Temos trabalhado forte, treinando e o professor escolhe a melhor opção. Quem escolher vai estar bem representado dentro de campo – falou Luanzinho. 

Na defensa, Claudinei avalia se mantém Airton e Betão como dupla e Alemão na lateral direita. Ou, então, voltar a utilizar Guga como lateral e a dupla de zagueiros voltar a ser formada por Alemão e Betão. O atacante Rafinha e o lateral Tiago Cametá seguem entregues ao departamento médico. 

O Tubarão volta a campo menos de 48 horas depois de perder, por 2 a 1, da Chapecoense, em jogo atrasado pela quinta rodada. Com somente quatro pontos e na zona de rebaixamento, o Peixe terá uma mudança no meio de campo. Guilherme Amorim está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Waguinho Dias tem algumas opções, como o volante Matheus Barbosa ou os meias Daniel Costa e Alex Nemetz. O goleiro Belliato é dúvida após pancada na cabeça. Gabriel pode reaparecer na meta titular após ter começado a competição entre os 11 iniciais.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ X TUBARÃO

AVAÍ
Kozlinski; Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Luanzinho e Marquinhos; Maurinho, Romulo e Martinuccio.
Técnico: Claudinei Oliveira.

TUBARÃO
Belliato (Gabriel); Marcos Vinícius, Jaílton, Willian Mineiro e Canavesio; Liel, Matheus Barbosa (Daniel Costa ou Alex Nemetz), Everton Dias e Romarinho; Batista e Índio.
Técnico: Waguinho Dias.

ARBITRAGEM: Leandro Messina Perrone, auxiliado por  Carlos Berkenbrock e Gianlucca Perrone de Vasconcellos.
DATA E HORA: segunda-feira, 12, às 16h.
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis (SC).

Leia mais sobre o Avaí
Veja a tabela completa do
Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca