Brusque abre vantagem, mas fica no empate contra a líder Chapecoense - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Catarinense 201825/03/2018 | 18h39Atualizada em 26/03/2018 | 11h59

Brusque abre vantagem, mas fica no empate contra a líder Chapecoense

Time abriu 2 a 0 na primeira etapa com Jean Dias e Cleyton, mas viu os visitantes buscarem a igualdade na segunda etapa

Brusque abre vantagem, mas fica no empate contra a líder Chapecoense Sidney Silva/Divulgação
Foto: Sidney Silva / Divulgação

Brusque e Chapecoense fizeram uma partida de dois tempos distintos na tarde deste domingo, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque. O time do Vale do Itajaí precisava da vitória para se afastar da zona de rebaixamento e conseguiu abrir dois gols de vantagem logo na primeira etapa. Já garantida na final da competição, a Chape só conseguiu se recuperar na segunda etapa, deixando o placar final em 2 a 2.

Logo aos três minutos, Carlos Alberto foi derrubado na área pelo goleiro Jandrei, da Chapecoense. Jean Dias bateu para colocar o Brusque na frente, 1 a 0. Aos 13, Jefferson Renan fez bela jogada individual e cruzou para Safira, que quase ampliou. O Brusque continuou a pressão total. Somente aos 39 do primeiro tempo a Chapecoense finalizou pela primeira vez contra o gol do goleiro André Luís, em um chute fraco de Elicarlos.

Toda a pressão do Brusque na primeira etapa deu resultado. Em nova jogada individual, Jefferson Renan passou por dois marcadores, mas na finalização Jandrei mandou para escanteio. No tiro de canto, o zagueiro Cleyton subiu mais alto para testar no contrapé do goleiro e ampliar a vantagem do Brusque.

A Chapecoense voltou bem melhor para a segunda etapa. Aos 10 minutos, após escanteio, Nenén aproveitou bate-rebate na área e bateu no canto de André Luis, diminuindo a diferença do Brusque para 2 a 1.

Empate da Chape e pressão do Brusque no final
O Verdão do Oeste continuou sufocando o time da casa até os 19 minutos, quando a bola bateu no braço de Edilson dentro da área. Pênalti para a Chape que o atacante Guilherme bateu e converteu, garantindo a igualdade no placar. No fim do jogo, o Brusque voltou a pressionar e quase conseguiu voltar à frente do marcador nos minutos finais, mas a cabeçada de Valkenedy parou nas mãos de Jandrei.

Se não garantiu a permanência na Série A do Campeonato Catarinense, o empate ajudou o Brusque porque manteve o time do Vale do Itajaí na sétima posição, com 18 pontos, quatro a mais que o oitavo colocado, Hercílio Luz, que tem 14. Para a Chapecoense, o ponto conquistado fora de casa deixou o Verdão ainda mais isolado na liderança, com 37 pontos.

Na próxima rodada, a penúltima do Estadual, o Brusque visita o Avaí, na Ressacada, com o desafio de vencer para sacramentar de vez a permanência na Série A do ano que vem. Já a Chapecoense recebe o Figueirense, na Arena Condá, em jogo que vai ser uma prévia da final da competição, já que reúne os dois primeiros colocados, já garantidos na decisão.

O jogo

Brusque 2
André Luis; Edílson, Cleyton, Douglas Silva e Ronaell (Luizinho); Valkenedy, Carlos Alberto (Bidía), Adãozinho e Jean Dias; Anderson Safira (Wilson Júnior) e Jefferson Renan.
Técnico: Pingo

Chapecoense 2
Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Luiz Antonio e Vinícius Freitas (Nenén); Vinicius (Júnior Santos) e Guilherme (Kendy)
Técnico: Gilson Kleina

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Alexandre de Medeiros Lodetti
Gols: Jean Dias, aos 4 minutos, e Cleyton, aos 43 do primeiro tempo (B) e Nenén, aos 10 minutos, e Guilherme, aos 20 do segundo tempo (C)
Cartões: Edílson, Ronaell e Wilson Júnior (B) e Nery Bareiro (C)
Público: 1.306 pessoas
Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Brusque e Chapecoense empatam em 2 a 2 pela 16ª rodada do Campeonato Catarinense 2018
Foto: Sidney Silva / Divulgação


 
Jornal de Santa Catarina
Busca