Inter de Lages e Concórdia empatam e se complicam na briga contra a degola - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Estadual22/03/2018 | 21h24Atualizada em 22/03/2018 | 21h30

Inter de Lages e Concórdia empatam e se complicam na briga contra a degola

Equipes continuam na zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense 2018

Inter de Lages e Concórdia empatam e se complicam na briga contra a degola Nilton Wolff/O Goleador
Foto: Nilton Wolff / O Goleador
DC Esportes
DC Esportes

Perigo que aumenta ante o ponto que fica pelo caminho no confronto dos últimos colocados do Campeonato Catarinense 2018. Na noite desta quinta-feira, Inter de Lages e Concórdia não saíram do 0 a 0 e continuam na zona de rebaixamento. O jogo no Tio Vida, em Lages, foi de poucas oportunidades e que simboliza a campanha dos fortes candidatos ao descenso.

O primeiro tempo foi de uma boa chance para cada lado. A primeira foi do Concórdia. Aos 13, Vinicius Baiano cruzou na área e o volante Gelson apareceu na área para cabecear. A bola passou rente ao poste. A oportunidade lageana foi 23, e parou na trave. Max botou na área e Luizinho escorou e observou a redonda parar no ferro. O mesmo ocorreu na etapa complementar, com uma oportunidade para cada lado. Do intervalo o Leão Baio voltou com o atacante Thiago Furlan na vaga do meia Vitor Michels. Queria pressionar pela vitória e quase abriu o placar aos 19 minutos. Max mandou a paulada que lambeu a baliza do goleiro Zé Carlos. O arremate do Galo do Oeste foi aos 42. De fora da área, Paulinho mandou a bomba que o goleiro David deu o tapa para escanteio.

Com 13 pontos cada, Inter de Lages e Concórdia têm mais três partidas para tentar escapar da zona de rebaixamento ao término do Estadual. Na próxima rodada, o Leão Baio encara o Criciúma, às 16h de domingo, no Heriberto Hülse, e depois terá pela frente Tubarão (casa) e Brusque (fora). Já o Galo do Oeste enfrenta o Joinville às 18h de domingo, no Domingos Lima, e na sequência tem Hercílio Luz (fora) e Figueirense (casa).

FICHA TÉCNICA

INTER DE LAGES
David; Kellyton, Gregory, Fabão e Jeferson; Marcus Winícius, Diego Aragão (Gian), Vítor Michels (Thiago Furlan) e Jean Lucas (Mateus Arence); Luizinho e Max. Técnico: Rodrigo Fonseca.
CONCÓRDIA
Zé Carlos; Lucas, Lacerda, João Paulo (Igor Brondoni) e Gabriel Peres; Wellington Neto, Gelson, Andrei Alba (Vitinho) e Paulinho; Aldair (Cleiton) e Vinícius Baiano.  Técnico: Raul Cabral.

CARTÕES AMARELOS: Max (I). Lacerda e Vinícius Baiano (C).

ARBITRAGEM: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Alex dos Santos
BORDERÔ: 1.278 torcedores para uma renda de R$ 20.345,00.
LOCAL: Tio Vida, em Lages.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca