Sete atletas de Blumenau disputam o Sul-Americano de Karatê no Equador - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Esportes24/04/2018 | 15h07Atualizada em 24/04/2018 | 15h07

Sete atletas de Blumenau disputam o Sul-Americano de Karatê no Equador

Competição reúne atletas das seleções nacionais a partir de quarta-feira

Sete atletas de Blumenau disputam o Sul-Americano de Karatê no Equador Divulgação/Divulgação
Márcia Mafra estreia na competição na categoria Sênior Foto: Divulgação / Divulgação

Sete atletas de Blumenau disputam  partir desta quarta-feira o Campeonato Sul-Americano em Guayaquil, no Equador. A competição segue até o próximo sábado e reúne as categorias Sub-14, Cadete, Júnior, Sub-21 e Sênior.

Os blumenauenses vão representar a Seleção Brasileira, que busca o hexacampeonato no Sênior e o tricampeonato nas categorias de base. O treinador Vanderlei de Oliveira, de Blumenau, será o coordenador técnico da delegação verde-amarela e está confiante na participação dos atletas.

 – É um grupo que tem obtido bons resultados em competições nacionais. Todos têm qualidade técnica e estão focados para o Sul-Americano. Espero que correspondam às expectativas  –  afirma o treinador.

Dos sete representantes de Blumenau, quatro foram medalhistas no ano passado, com destaque para os ouros de Luisa Klettenberg e Vitória Leite. Mas também tem novidade na equipe. Jaqueline Luebke, que em 2017 defendeu o Brasil na modalidade de Kata (simulação de luta), neste ano terá o desafio no kumitê (luta) cadete até 54 quilos.

As estreias ficam por conta de Márcia Mafra (foto acima), na categoria Sênior, e da equipe de Kata Cadete/Júnior (formada por Jaqueline, Camily Teixeira e Nicole Bauchipiess). O grupo de Blumenau será formado ainda por Welton Barbosa (Kumitê Sub-21 até 75 quilos).

 
Jornal de Santa Catarina
Busca