Criciúma avalia opções e espera definir ainda nesta semana o substituto de Argel - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Série B10/05/2018 | 18h36Atualizada em 10/05/2018 | 18h36

Criciúma avalia opções e espera definir ainda nesta semana o substituto de Argel

Com alguns nomes no radar, diretoria do Tigre quer apresentar o novo treinador na sexta-feira

Criciúma avalia opções e espera definir ainda nesta semana o substituto de Argel Fernando Ribeiro/Criciúma EC
Foto: Fernando Ribeiro / Criciúma EC
Renan Medeiros

O Criciúma ainda não confirmou nenhum nome para comandar o time na sequência Série B do Campeonato Brasileiro. A meta é fechar com o novo técnico ainda nesta sexta-feira - no mais tardar, até domingo -, antes do confronto diante do Juventude, agendado para a próxima terça-feira, no Heriberto Hülse, pela sexta rodada.

No radar do Tigre, o nome mais cotado é o de Luiz Carlos Winck, atualmente técnico do Caxias, time que está perto de garantir a classificação para a próxima fase na Série D. O treinador embarca nesta sexta-feira com a delegação grená para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Nova Iguaçu, no sábado, pela quarta rodada da quarta divisão nacional.

Executivo de futebol do Criciúma, Nei Pandolfo passou a quinta-feira inteira falando ao telefone. Ao fim do dia, ele se limitou a informar que o clube negocia com três profissionais.

— São alguns nomes que já conhecemos e que possam atender bem as nossas necessidades. O perfil que buscamos é o de um técnico que conheça o elenco, o clube e a Série B — declarou o cartola.

Pandolfo não confirmou as conversas com Winck, mas também não negou.

— Não tem acerto nenhum. É um excelente treinador, tem um histórico positivo aqui e faz uma excelente campanha no Caxias. Estamos trabalhando vários nomes. Se criarmos uma expectativa em um nome específico, teremos uma dificuldade maior.

À imprensa gaúcha, Winck também preferiu não discutir o assunto, muito disso por ter vínculo com o Caxias e compromisso agendado pela Série D.

— Eu não gostaria de falar sobre isso. Temos jogo sábado. Essa questão do Criciúma vamos deixar de lado, a escolha de técnico A ou B cabe a direção do Criciúma. Eu estou focado no jogo de sábado que é importantíssimo — disse Winck, em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira.

Outro nome cogitado foi o do técnico do Tubarão, Waguinho Dias, que negou intenção de deixar o Peixe neste momento. Até a chegada do novo técnico, o auxiliar Grizzo coordena os trabalhos. Ele pode ser o interino na terça-feira caso não haja acerto com ninguém até lá. Mas, nos bastidores do Tigre, essa possibilidade sequer é cogitada. 

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais notícias sobre a
Série B do Brasileiro 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca