Reunião no Ministério Público garante presença das torcidas de Figueirense e Avaí no clássico - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Liberado09/05/2018 | 18h39Atualizada em 09/05/2018 | 19h07

Reunião no Ministério Público garante presença das torcidas de Figueirense e Avaí no clássico

Partida acontece no sábado, às 16h30min, pela quinta rodada da Série B do Brasileiro

Reunião no Ministério Público garante presença das torcidas de Figueirense e Avaí no clássico Figueirense / Divulgação/Divulgação
Foto: Figueirense / Divulgação / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

O Clássico da Capital entre Figueirense e Avaí terá a presença de torcedores dos dois clubes no Estádio Orlando Scarpelli. O martelo foi batido após reunião na tarde desta quarta-feira no Ministério Público de Santa Catarina com representantes das equipes, além da Polícia Militar e da Federação Catarinense de Futebol (FCF).

O principal assunto do encontro foi a garantia da segurança dos presentes no local do jogo no sábado, às 16h30min, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o comprometimento de todas as partes envolvidas que o máximo será realizado para que a paz seja mantida durante o evento, a liberação foi concedida. 

Mesmo com a venda dos ingressos por parte dos clubes ter começado na segunda-feira, existia a possibilidade de apenas torcedores do Figueirense serem liberados para o jogo. No returno, somente a torcida do Avaí poderia ver o Clássico da Capital na Ressacada. 

Participaram da reunião os presidentes Francisco Batistotti (Avaí) e Cláudio Vernalha (Figueirense), o mandatário da FCF Rubens Angelotti, o Procurador Jurídico Rodrigo Capella, o Promotor de Justiça do Ministério Público, Eduardo Paladino, e os representantes da Polícia Militar, Coronel Renato Cruz Junior, Tenente-Coronel Marcelo Pontes e Tenente-Coronel Sandro Cardoso da Costa.

—  Houve compreensão e bom senso de todas as partes envolvidas e felizmente teremos o clássico mais tradicional do futebol catarinense com a presença das duas torcidas no próximo sábado — disse o presidente Rubens Angelotti.

Agora, a Polícia Militar vai definir o plano de ação para garantir a segurança dos presentes no Orlando Scarpelli. Figueirense e Avaí se enfrentaram duas vezes em 2018, sendo dois empates pelo Campeonato Catarinense. Na Ressacada, em janeiro, a igualdade foi por 3 a 3, enquanto que no mesmo local da partida deste sábado o resultado foi de 1 a 1, em março.

As três medidas que serão adotadas para o Clássico da Capital:

1– Os clubes irão instruir atletas e comissões técnicas a evitar provocações e atitudes antidesportivas.
2– A Polícia Militar irá apresentar minucioso relatório sobre as eventuais ocorrências relacionadas à partida para ensejar medidas futuras caso necessárias.
3– A Federação Catarinense de Futebol irá expedir nesta quinta-feira "Resolução de Diretoria" proibindo a afixação de faixas na parte interna do Estádio Orlando Scarpelli, para possibilitar total visibilidade às dependências ocupadas pelos torcedores.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia sobre o
Figueirense
Saiba tudo sobre o
Avaí

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteMemórias da Copa: ilustrações relembram momentos marcantes dos cinco títulos da Seleção https://t.co/nle7y6QmPz #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteTécnico da Chapecoense pede tranquilidade e fala em corrigir erros em tomada de decisão https://t.co/8fsYpSU3Vt #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca