Chapecoense recebe Cruzeiro no último jogo em casa antes da Copa do Mundo - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 

Série A09/06/2018 | 07h52Atualizada em 09/06/2018 | 07h52

Chapecoense recebe Cruzeiro no último jogo em casa antes da Copa do Mundo

Time mandante da Arena Condá precisa somar ponto para evitar entrada no Z-4

Chapecoense recebe Cruzeiro no último jogo em casa antes da Copa do Mundo Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

A um ponto da zona de rebaixamento a Chapecoense faz seu último jogo em casa antes da Copa do Mundo neste sábado, às 19h, diante do Cruzeiro. O time catarinense tem um a mais que Atlético-PR e Paraná, que enfrentam São Paulo e Flamengo, respectivamente. O Bahia tem dois pontos a menos e também joga em casa, diante do Botafogo. Ou seja, se a Chape não vencer na Arena Condá, o risco é grande de entrar no Z-4 do Campeonato Brasileiro.

Teria que buscar os pontos fora, contra o América-MG, na última rodada antes do Mundial na Rússia. Vale o esforço para não acompanha a Copa em situação desconfortável. Por isso a direção fez até promoção de ingresso. Os sócios podem adquirir ingressos pela metade do preço, exceto nas cadeiras. E os valores também foram reduzidos. Na Geral, em vez dos R$ 100 que foi contra o Flamengo, o preço do bilhete é de R$ 80.

A Arena Condá pesa ao Verdão. É que em casa a Chapecoense fez 80% de seus pontos neste campeonato. Em quatro jogos foram duas vitórias, contra Flamengo (3 a 2) e Ceará (2 a 0), e dois empates por 1 a 1 (Paraná e Vasco).

Para esta partida, o técnico Gilson Kleina conta com o retorno do atacante Leandro Pereira, que foi expulso no empate por 3 a 3 contra o Atlético-MG e cumpriu suspensão diante do Bahia. Ele deve entrar no lugar de Nadson. Apodi, mesmo com a falha que resultou no gol do revés antes o Vitória, continua no time. Em entrevista coletiva na sexta-feira, o técnico Gilson Kleina destacou a importância da partida.

— Todo jogo é um divisor. Fomos competitivos contra o Atlético-MG e não mantivemos isso contra o Vitória. Vamos tentar buscar o equilíbrio. O time não pode deixar de ser aguerrido, não pode perder seu DNA – ressaltou Kleina.

O histórico entre os dois times na Serie A aponta para o equilíbrio. Em oito confrontos foram três vitórias para cada lado e dois empates.

 FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE
Jandrei; Apodi, Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio e Canteros; Wellington Paulista, Leandro Pereira e Arthur Caike. Técnico: Gilson Kleina.
CRUZEIRO
Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva e Tiago Neves; Robinho, Rafael Sóbis e Sassá. Técnico: Mano Menezes.

ARBITRAGEM: Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (trio do RJ)
DATA E HORA: às 19h deste sábado.
LOCAL: Arena Condá, em Chapecó.
INGRESSOS: R$ 80 (geral e visitantes), R$ 100 (cadeiras descobertas laterais), R$ 120 (cadeiras cobertas laterais) e R$ 150 (cadeiras centrais). Sócio pode comprar ingresso pela metade do preço, exceto no setor mais caro.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC

 
Jornal de Santa Catarina
Busca