Com Neymar, Seleção Brasileira pega a Áustria no último amistoso antes do Mundial - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Pré-Copa09/06/2018 | 20h16Atualizada em 10/06/2018 | 11h45

Com Neymar, Seleção Brasileira pega a Áustria no último amistoso antes do Mundial

Camisa 10 pode igualar Romário na corrida pelo topo da artilharia geral da equipe nacional

Com Neymar, Seleção Brasileira pega a Áustria no último amistoso antes do Mundial Lucas Figueiredo / Divulgação CBF/Divulgação CBF
Foto: Lucas Figueiredo / Divulgação CBF / Divulgação CBF

Neymar completa em agosto nove anos da primeira partida pela Seleção Brasileira principal. Na ocasião, estreou deixando sua marca. O Brasil venceu o amistoso contra os Estados Unidos, por 2 a 0, em Nova Jersey. Já balançou as redes 54 vezes e, se marcar mais um neste domingo, se iguala a Romário como quarto maior artilheiro da Seleção. Em Viena, o atacante será titular no amistoso contra a Áustria, a partir das 11h, na última partida de preparação para a Copa do Mundo.

 ÁUDIO: acompanhe todos os lances da partida na CBN Diário

Leia mais notícias sobre a Copa do Mundo
Confira a tabela de jogos da Copa da Rússia

Atualmente, aos 26 anos, Neymar é o quinto colocado entre os maiores artilheiros da Seleção, atrás de Romário (quarto, com 55), Zico (terceiro, com 66), Ronaldo (segundo, com 67) e Pelé (primeiro, com 95). Com média de 6,75 gols por ano pelo Brasil, o atual camisa 10, caso mantenha o ritmo, alcança o rei do futebol entre 2023 e 2024. Se isso ocorrer, a marca será atingida com a mesma idade que o rei em 1971: 31 anos.

A temporada de 2014 foi a mais rentável de Neymar pela Seleção. Ele marcou 15 gols, sendo quatro deles na Copa do Mundo, até deixar o grupo após a lesão em uma das vértebras nas quartas de final contra a Colômbia. Os outros tentos se dividem em amistosos, Eliminatórias, Copa América e Copa das Confederações.

FICHA TÉCNICA

BRASIL X ÁUSTRIA

BRASIL
Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Philippe Coutinho, Willian e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

ÁUSTRIA
Siebenhandl; Dragovic, Prödl e Hinteregger; Lainer, Baumgartlinger, Ilsanker e Alaba; Espátula e Zulj; Arnautović. Técnico: Franco Foda.

ARBITRAGEM: Viktor Kassai, auxiliado por Oszkar Lemon e Zsolt Varga (trio da Hungria).
DATA e HORA: domingo, às 11h (de Brasília).
LOCAL: Estádio Ernst Happel, em Viena (AUT).

 
Jornal de Santa Catarina
Busca