Neymar faz golaço e Brasil vence Áustria no último jogo pré-Copa - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Viena10/06/2018 | 14h11

Neymar faz golaço e Brasil vence Áustria no último jogo pré-Copa

AFP
AFP

No último amistoso antes da estreia na Copa, o Brasil mostrou força para vencer a Áustria por 3 a 0, neste domingo, com atuação segura e mais um belo gol de Neymar.

Gabriel Jesus abriu o placar com chute de efeito, aos 34 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, o camisa 10 deixou o zagueiro sentado para fazer um golaço, aos 17, e Philippe Coutinho fez o terceiro, aos 23.

Foi o primeiro jogo de Neymar como titular, depois voltar aos gramados no último final de semana após três meses de recuperação de cirurgia no pé direito. O craque foi perseguido pela marcação, mas jogou bem e acabou ficando quase o jogo inteiro em campo, sendo substituído aos 37 minutos do segundo tempo.

Tite conseguiu iniciar o jogo com a formação que pensa ser ideal para encarar esquemas defensivos, com Philippe Coutinho vindo de trás e Willian, Gabriel Jesus e Neymar no comando de ataque. Ainda assim, o técnico não garantiu a formação para a estreia.

"Não posso confirmar o time titular. Na sexta-feira eu falo time, agora estou na adrenalina do jogo", indicou Tite em coletiva após a partida. "Contra a Suíça, vamos começar a pensar agora. Temos uma forma de jogar. Não mudamos nosso jeito de jogar se formos jogar contra a Alemanha", acrescentou.

O Brasil integra o Grupo E da Copa do Mundo da Rússia e estreia na competição no dia 17 de junho contra a Suíça, em Rostov-on-Don. Em seguida, medirá forças com Costa Rica (22 de junho), em São Petersburgo, e Sérvia (27), em Moscou.

- Paciência e toque de bola -

Em homenagem ao falecimento da tenista Maria Esther Bueno, todo o time brasileiro entrou com uma faixa preta em luto à campeã de 19 títulos de Grand Slam. Antes da bola rolar, a ex-tenista também recebeu homenagem no telão do estádio Ernst Happel

O Brasil iniciou a partida com a formação ideal pensada por Tite para jogos contra equipes mais fechadas. Os austríacos se defendiam com a tão comentada linha de 5 defensores, criando dificuldades para o time brasileiro apesar do domínio da posse de bola.

Mesmo com o quarteto ofensivo, a primeira chance da equipe canarinho veio com o elemento surpresa Casemiro. O volante do Real Madrid quase marcou um golaço de fora da área, aos 7 minutos do primeiro tempo.

Com dificuldade de entrar na área adversária, o Brasil apostou no talento de Coutinho para arriscar de longa distância. O jogador do Barcelona fez bela jogada vindo pelo lado esquerdo, limpou para o meio e chutou rasteiro no cantinho, obrigando Lindner se esticar todo para evitar o gol aos 24 minutos.

O arqueiro estava bem no jogo e fez bela defesa em chute de Paulinho aos 33 minutos. Mas no lance seguinte, após cobrança de escanteio, Lindner não conseguiu buscar o belo chute com efeito de Gabriel Jesus, aos 34, que abriu o placar para o time brasileiro.

O centro-avante aproveitou sobra dentro da área depois do chute de Marcelo que desviou na zaga austríaca. Em posição de impedimento não observada pela arbitragem, Jesus ajeitou o corpo e bateu bonito para fazer seu 10º gol pela seleção brasileira. O menino é o artilheiro da "Era Tite".

A seleção fez um bom primeiro tempo, controlando a posse de bola e pressionando para roubar o quanto antes quando não tinham a bola. Coutinho quase ampliou em transição rápida, aos 39, enquanto o time da casa chegou pouco ao gol de Alisson. Arnautovic foi quem mais tentou, mas não teve nenhuma de grande perigo.

- Golaços brasileiros -

Na volta do intervalo, o Brasil começou a sofrer com entradas duras do time austríaco, que não vai à Copa e irritou os brasileiros. A partida ficou amarrada durante os primeiros 15 minutos, mas um belo contra-ataque abriu caminho para a goleada brasileira.

Após saída rápida, Willian achou Neymar pelo lado esquerdo. O camisa 10 dominou, deu lindo drible de futsal para deixar o marcador sentado no chão e tocou por debaixo das pernas de Lindner para ampliar, aos 17. Foi o segundo golaço de Neymar após voltar aos gramados há apenas uma semana.

A Áustria sentiu o baque e diminuiu o ritmo, dando espaços para o time brasileiro. Aos 23, Coutinho tabelou com Roberto Firmino e saiu em velocidade pelo lado esquerdo. Cara a cara com o goleiro, o meia bateu firme para fazer o terceiro o Brasil. Um dos melhores em campo, Coutinho quase fez o quarto, aos 28, mas a bola explodiu no travessão.

O Brasil passou a ter uma chance atrás da outra, explorando contra-ataques em velocidade. Aos 34, o quarto gol também ficou no quase, após excelente jogada de Willian, Taison, Neymar e Firmino, que parou na boa defesa de Lindner. Já Alisson só fez uma defesa em todo jogo, em chute de longa distância.

Depois de 82 minutos em campo, Neymar foi substituído por Tite. Após três meses fora dos gramados, o craque jogou 45 minutos no retorno contra a Croácia e mostrou desenvoltura e progresso em sua recuperação.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca