Patriarca ortodoxo russo reza para jogo 'digno' de sua seleção - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 

Moscou13/06/2018 | 07h51

Patriarca ortodoxo russo reza para jogo 'digno' de sua seleção

AFP
AFP

O patriarca Kirill, chefe da Igreja Ortodoxa russa, pediu à população nesta quarta-feira (13) que reze pela seleção de seu país, que chega ao torneio do qual é sede após uma sequência de maus resultados, e disse esperar um futebol "digno" durante o Mundial.

"Espero que este grande evento transcorra com sucesso e que tenha um efeito positivo no povo", declarou o patriarca russo, citado pela agência pública de notícias TASS, em uma reunião com autoridades religiosas em Moscou.

"Isso vai depender, em grande medida, do jogo da nossa seleção. Resta apenas esperar e rezar para que tudo seja correto e digno e, claro, esperar uma boa preparação dos nossos jogadores", acrescentou.

Na véspera do início do Mundial-2018, a Rússia ainda trata da competição com muitas dúvidas e com o objetivo de evitar a humilhação de ser eliminada em casa na fase de grupos. A equipe nacional não ganhou nenhuma partida em 2018.

O presidente russo, Vladimir Putin, também disse esperar que a Rússia jogue "dignamente" e "que lute até o final" durante o Mundial, que será disputado de 14 de junho a 15 de julho.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca