Após perder pênalti, Mario Fernandes se desculpa com os russos - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Sochi07/07/2018 | 22h27

Após perder pênalti, Mario Fernandes se desculpa com os russos

AFP
AFP

Depois de passar de herói a vilão em questão de minutos, o lateral brasileiro da seleção russa Mario Fernandes se desculpou com os companheiros por ter falhado na cobrança de pênaltis que deixaram a Rússia de fora das semifinais do Mundial que o país sedia, derrotada nas quartas de final, neste sábado (7), pela Croácia.

"É preciso pedir perdão por falhar no pênalti. É preciso ser homem, assumir e pedir desculpas, embora todos me dissessem que não era necessário, que somos uma equipe e isso reforça como somos grandes", afirmou, tranquilo, ao passar pela zona mista do Estádio Olímpico de Sochi.

O lateral do CSKA de Moscou levou ao delírio a torcida russa, com um gol de cabeça que empatou a partida em 2-2, prolongando o jogo para os anfitriões aos 115 minutos, empurrando a decisão para os pênaltis, quando a Croácia pensava já ter a partida decidida.

Mas minutos depois, ele chutou para fora a terceira cobrança, complicando a situação da Rússia, que acabou eliminada por 4-3.

"Foi um momento de alegria na hora do gol que levou aos pênaltis. Depois, tinha que cobrar, não podia fugir dessa responsabilidade. Chutei, falhei e acabamos perdendo", admitiu.

"Mas todo o grupo está de parabéns pela entrega e pelo jogo. Hoje perdemos, mas não faltou luta e agradecemos muito o apoio da torcida, que ajudou muito", afirmou.

Por isso, Fernandes, nascido há 27 anos em São Caetano do Sul, interior de São Paulo, se despede desta Copa com uma sensação positiva, na qual os russos superaram os prognósticos, ficando a apenas um passo das semifinais.

"O sentimento por tudo é bom, sei da importância e falhar nos pênaltis, mas não se pode apagar tudo o que fizemos", resumiu.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca