Começa a era de Cristiano Ronaldo em Turim - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Turim16/07/2018 | 16h37

Começa a era de Cristiano Ronaldo em Turim

AFP
AFP

Em sua apresentação oficial como jogador da Juventus, o astro português Cristiano Ronaldo declarou nesta segunda-feira que é diferente dos outros jogadores, que na sua idade decidem ir para o Catar ou para a China por conta de grandes contratos.

"Eu sou diferente dos outros jogadores, que pensam que estão em fim de carreira quando estão na minha idade", declarou o atacante de 33 anos. "Quero mostrar que não sou como os outros, eu sou diferente", acrescentou.

Aos 33 anos, o cinco vezes vencedor da Bola de Ouro esbanjou sua habitual confiança, diante de uma forte presença de jornalistas de todo mundo após sua contratação ao Real Madrid por 100 milhões de euros.

"Não tenho que demonstrar a ninguém, os números estão aí. Todo mundo sabe o que fiz no futebol. Mas sou ambicioso e amo desafios, não gosto de ficar na zona de conforto. Depois do que fiz por Manchester United e Real Madrid quero deixar minha marca na Juventus", acrescentou.

A Juventus e Turim receberam calorosamente o astro português Cristiano Ronaldo, que chegou à cidade um dia antes do previsto para assinar contrato com o campeão italiano.

Ao chegar à sede da Juve para realizar exames médicos, Cristiano foi recebido por centenas de torcedores que pediam: "Ronaldo, traga a Liga dos Campeões".

"É uma grande emoção. É o melhor jogador do mundo, nunca teria imaginado", declarou à AFP o jovem torcedor Fabio. "É um sonho", exclamou outro torcedores atrás dele.

- 'Ronalday' -

Uma associação de comerciantes da capital piemontesa imprimiu 5.000 cartazes com a foto de Cristiano Ronaldo e o lema 'Bem-vindo' para serem colocados nas vitrines das lojas.

Apesar da visita de Cristiano só durar 24 horas, a imprensa anuncia que acontecerá o 'Ronalday' (dia Ronaldo).

As camisetas da Juve com o número 7 nas costas são vendidas como água. Uma loja de sorvete comercializa um sabor denominado 'CR7'.

Assim como os torcedores, o clube de Turim confia que o português possa conquistar o título da Liga dos Campeões, que não levanta desde 1996. Já Ronaldo venceu quatro das últimas cinco edições e ostenta um recorde de 120 gols na competição europeia.

"Brigaremos não só pela Liga dos Campeões, mas pela Serie A e pelos demais títulos", garantiu.

"É preciso trabalhar duro, porque conquistar a Liga dos Campeões não é fácil. Espero poder ajudar", indicou.

"Chega um campeão absoluto, será realmente interessante participar do dia a dia com ele, especialmente no trabalho", valorizou o futuro companheiro Claudio Marchisio.

- Recuperar prestígio dos anos 1980 -

Mas quando a cifra supera o centenar de milhões o efeito comercial é tão importante quanto o esportivo.

Segundo os analistas da Banca Imi, a chegada de CR7 à Turim permitirá que a marca Juventus se fortaleça no mundo.

"A Juventus se beneficiará em suas receitas com o aumento de vendas de ingressos, que avaliamos entre cinco e sete milhões de euros extras por temporada", calculam os especialistas.

Neste contexto, a Juve não será a única a tirar proveito, já que todo o futebol italiano e seu conjunto sairá beneficiado.

"Ronaldo conta com mais de 300 milhões de seguidores nas redes sociais, é conhecido em cada canto do planeta. Suficiente para poder dizer que haverão efeitos positivos para a Juve e para o futebol italiano", avaliou Lucio Lamberti, professor da Politécnica de Milão em sua coluna no jornal La Stampa.

Mas o lendário goleiro da Squadra Azzurra, Dino Zoff, campeão do mundo em 1982 com 40 anos, "Ronaldo oferecerá uma grande contribuição técnica com a Juve e incrementará o nível geral do campeonato".

Entre o entusiasmo geral, existiam vozes dissonantes: na fábrica Fiat de Melfi, no sul da Itália, houve uma convocação de greve para protestar pela custosa contratação, mas sem sucesso. A direção da construtora automobilística, proprietária da 'Juve' da família Agnelli, registrou cinco grevistas.

O astro, no entanto, vai continuar de férias e anunciou que retorna aos treinamentos no dia 30 de julho, antes de um primeiro jogo no dia 12 de agosto e do início da Serie A, em 19 de agosto.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca