Metropolitano x Blumenau: um clássico para chamar de nosso - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Futebol07/07/2018 | 11h00Atualizada em 07/07/2018 | 11h38

Metropolitano x Blumenau: um clássico para chamar de nosso

Verdão e Tricolor reacendem rivalidade nos gramados e voltam a se enfrentar neste domingo após 15 anos, pela Série B do Catarinense

Metropolitano x Blumenau: um clássico para chamar de nosso Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Rodrigo Hadlich e Jean Carlo Furlani estarão no estádio torcendo pelos seus times Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

A rivalidade é alimentada nas redes sociais a cada notícia sobre o futebol em Blumenau, mas poucas foram as oportunidades de ela ser testada em campo. Blumenau Esporte Clube e Metropolitano são de épocas diferentes do esporte, mas hoje coexistem e disputam na tabela da Série B do Campeonato Catarinense o retorno à elite do Estadual. Para a maior parte da torcida dos dois clubes, o confronto deste domingo, às 15h, no Estádio do Sesi, será a primeira vez de assistir da arquibancada a uma partida entre os dois times de Blumenau e, com isso, a chance de provar que há apoio e torcida para o futebol na cidade.

Do lado dos mandantes na arquibancada Rodrigo Hadlich estará no lugar habitual, ao lado do pai, acompanhando e torcendo pelo Metropolitano, como faz desde 2005. Fanático pelo Verdão, ele espera um jogo difícil e depois de ver o time jogar em todos os cantos de Santa Catarina, no Paraná e no Rio Grande do Sul, vai torcer pelo Metrô em casa contra o Tricolor pela primeira vez.

– É uma chance de mostrar que Blumenau tem torcida, que tem jogo, de ver a vontade da torcida com os times. Mostrar que Blumenau pode ter dois times – diz o torcedor de 38 anos, que espera ver o estádio cheio.

Incentivado pelo pai a torcer pelo Metropolitano logo quando o clube iniciou a trajetória, Rodrigo diz que se emociona mesmo com futebol só com o Verdão. Antes, ele até torcia pelo Corinthians, mas trocou a paixão do time paulista pelo blumenauense.

 Blumenau - SC - Brasil - 05072018 - Rodrigo Hadlich trocedor do Metropolitano.
Hadlich é torcedor do Metrô desde 2005, e já viajou para diversos lugares com o clubeFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Na área destinada aos visitantes, Jean Carlo Furlani será um dos mais barulhentos. No comando da bateria da torcida organizada do Tricolor, o torcedor de 30 anos garante que todo o espaço reservado à torcida do Blumenau Esporte Clube estará lotado no domingo.

– É hora de apoiar o Blumenau ao máximo, mostrar a paixão que a torcida tem por esse clube, que outros times não têm. O objetivo é ficar à frente do Metropolitano na tabela e vamos cobrar dos jogadores raça e futebol em campo – conta o torcedor.

 Blumenau - SC - Brasil - 05072018 - Jean torcedor do BEC Blumenau Esporte Clube.
Jean acompanha o Blumenau Esporte Clube de perto desde 2003 nas arquibancadasFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Jean acompanha o Tricolor de perto desde 2003 e esteve presente nas arquibancadas em todas as idas e vindas do time nos últimos anos. Diz que nunca abandonou (e nem vai) o clube que aprendeu a amar e que acompanha em todas as partidas atualmente. Na Série B deste ano ele não foi apenas em uma das partidas, em Palhoça.

Para os dois torcedores a rivalidade entre Metropolitano e Blumenau é sadia e deve proporcionar um bom jogo para marcar um novo momento nos poucos duelos que as equipes já tiveram. Para eles, o jogo vale de certa forma como um campeonato paralelo que terá dois atos, com o segundo deles marcado para o dia 8 de agosto.

Leia também
Depois de 15 anos, Metropolitano e Blumenau voltam a se enfrentar separados por três pontos


 
Jornal de Santa Catarina
Busca