Reencontro que vale muito: Avaí volta a enfrentar o Fortaleza depois de 10 anos - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 
 

Série B24/07/2018 | 07h55Atualizada em 24/07/2018 | 07h55

Reencontro que vale muito: Avaí volta a enfrentar o Fortaleza depois de 10 anos

 Confronto desta terça-feira, às 21h30min, pode consolidar o Leão no G-4

Reencontro que vale muito: Avaí volta a enfrentar o Fortaleza depois de 10 anos Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Quatro pontos. Apenas isso separa o Avaí do Fortaleza na classificação da Série B do Brasileiro. O reencontro que acontece após 10 anos vale muito. Esse é o tempo que os times não se enfrentam e, agora, duelam nesta terça-feira, às 21h30min, na Arena Castelão pela 17ª rodada. Se vencer, o Leão pode alcançar a segunda colocação, mas em caso de derrota corre o risco de não só ficar fora do G-4, mas o de terminar o dia em oitavo lugar.

O Avaí tem 26 pontos, dois a mais que o nono colocado Coritiba. A curta vantagem será determinante na definição de quem sobe e quem desce ao fim da rodada. O Fortaleza tem 30 pontos, mas nas últimas cinco partidas venceu só uma. O time cearense chega pressionado ao confronto após derrotas para Ponte Preta (2 a 0) e Atlético-GO (1 a 0), além do empate sem gols contra o vice-líder CSA, no sábado. No comando azurra, o técnico Geninho não considera isso um benefício ao Leão na busca da recuperação como visitante.

– Eu, sinceramente, gostaria de jogar com o Fortaleza tranquilo. Eu trabalhei lá e sei como é a pressão. O Fortaleza virá com tudo para apagar a má fase. Teremos uma torcida apoiando e o time correndo muito. Se tivesse do outro lado um time mais com menos pressão seria melhor. Vamos tentar. Independente da situação do outro lado, temos que pensar no Avaí. Se iremos encostar na frente ou não, vai depender do que irá acontecer na rodada. Temos que tentar buscar os três pontos – falou Geninho.

O último confronto entre os times ocorreu dia 12 de setembro de 2008. Na Ressacada, o Avaí venceu por 2 a 1, com gols de William. No histórico geral, porém, existe uma curta vantagem ao Tricolor do Pici. Os cearenses venceram quatro dos 10 duelos, enquanto os azurras têm três triunfos. Ainda foram outros três empates. Desde então, os Leões traçaram caminhos distintos e jamais se cruzaram pelas divisões que frequentaram até estarem nesta Série B. 

O Leão acumula duas baixas. O zagueiro Alemão foi negociado com um time do futebol árabe, enquanto o atacante Rodrigão ainda precisa de recondicionamento físico mesmo após se recuperar de lesão. Com o espaço aberto na zaga, Marquinhos Silva vai se consolidar no setor. Esse será o quarto jogo dele seguido. Geninho também tem os retornos do zagueiro Airton, do lateral-esquerdo Capa, do volante Judson e do meia Renato, que estavam suspensos e não estiveram em campo no empate, por 0 a 0, em casa, diante do Atlético-GO.

– O Fortaleza é um time que faz um jogo pegado, de choque. Será uma partida de movimentação e que exigirá um desgaste grande. Por isso, é preciso opções. Não iremos mudar muito. Da mesma maneira que jogamos em casa, faremos fora. Não tem motivos para mudar – completou o treinador do Leão.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA X AVAÍ

FORTALEZA
Marcelo Boeck; Tinga, Ligger, Diego Jussani e Leonan; Derley, Nenê Bonilha, Marcinho, Dodô e Marlon; Getterson (Wilson ou Douglas Coutinho). Técnico: Rogério Ceni.

AVAÍ
Aranha; Marquinhos Silva, Betão e Airton; Guga, Judson, Pedro Castro, Renato e Capa; Romulo e Beltrán. Técnico: Geninho.

ARBITRAGEM: Vinicius Furlan, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Evandro de Melo Lima (trio de SP).
DATA E HORA: terça-feira, às 21h30min.
LOCAL: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Avaí

 
Jornal de Santa Catarina
Busca