Sampaoli deixa comando da Argentina - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Buenos Aires15/07/2018 | 18h18

Sampaoli deixa comando da Argentina

AFP
AFP

Jorge Sampaoli deixou o comando da seleção da Argentina, após o fracasso da bicampeã na Copa do Mundo da Rússia-2018, informou neste domingo a Associação de Futebol Argentino (AFA).

"Neste dia, a Associação de Futebol Argentino e Jorge Sampaoli chegaram a um acordo mútuo para terminar seu ciclo no comando da seleção argentina", indicou a federação em seu site.

A AFA insistiu que a rescisão do contrato de Sampaoli foi em "mútuo acordo".

A imprensa local tinha informado previamente que o treinador cobraria dois milhões de dólares de indenização.

"O acordo (para a saída do treinador) foi em dois milhões de dólares. Falta a assinatura", disse Olé ao coincidir o mesmo valor com o diário Clarín.

Segundo esses veículos, o anúncio se tornaria oficial na segunda-feira.

Segundo o Clarín, a cifra acordada é vantajosa para a Associação de Futebol Argentino (AFA) já que "a cláusula de rescisão do técnico correspondia a 8.624.000 de dólares".

Alguns nomes começam a ser veiculados para suceder Sampaoli, como Ricardo Gareca, técnico da seleção peruana, e Matías Almeyda, atual treinador do Chivas mexicano.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca