Alex Maranhão cobra "reflexão grande" do elenco após derrota do Criciúma - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Série B14/08/2018 | 23h43Atualizada em 14/08/2018 | 23h43

Alex Maranhão cobra "reflexão grande" do elenco após derrota do Criciúma

Meia marca golaço, mas reconhece que o Tigre deixou a desejar no confronto fora de casa

Alex Maranhão cobra "reflexão grande" do elenco após derrota do Criciúma LUCIANO CLAUDINO/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: LUCIANO CLAUDINO / ESTADÃO CONTEÚDO
DC Esportes
DC Esportes

A cobrança interna no Criciúma tem tudo para ser forte. Pelo menos foi isso que demonstrou o meia Alex Maranhão ao deixar o gramado do Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), depois da derrota para a Ponte Preta por 3 a 1 pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro. Nem mesmo o golaço em falta perfeita do camisa 100 - utilizada por ele em alusão ao número atingido nesta noite de terça-feira - foi capaz de impedir o revés após cinco partidas.

– Tristeza. A gente não queria a derrota. Jogamos abaixo do que esperávamos. Agora, temos que fazer uma reflexão grande sobre o que queremos no campeonato. Temos que ter ombridade para reconhecer que não fomos bem – disse o meia Alex Maranhão.

O atacante Joanderson preferiu avaliar que o desempenho do adversário foi melhor. O jogador, porém, acredita que é possível recuperar os pontos no retorno ao Heriberto Hülse na próxima rodada.

– As coisas não aconteceram da maneira planejada. O futebol é assim. Tem dia que dá certo e tem dia que não. A Ponte foi feliz. Agora é trabalhar para buscar contra o Coritiba – destacou.

O confronto em Campinas marcou a estreia do volante Ronaldo como titular no Tigre. Ele, porém, reconheceu ter sentido o longo período sem jogar, mas apontou que a derrota se deu por causa de falhas defensivas.

– Senti a falta do ritmo de jogo. Eu tentei dar o meu máximo. Sabíamos que o jogo era complicado. A Ponte iria impor o ritmo. A partida foi decidida nos detalhes. Sofremos o gol cedo. Empatamos, mas depois em outra bobeira sofremos mais um. Não conseguimos os pontos, mas vamos focar no próximo jogo – completou Ronaldo.

O Tigre segue com 21 pontos, mas não corre o risco de voltar à zona de rebaixamento ao término da rodada. A equipe retorna a campo na próxima terça-feira, às 19h15min, quando recebe o Coritiba no Heriberto Hülse.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 
Jornal de Santa Catarina
Busca