"Blumenau precisa de futebol e o Metrô está no caminho certo", diz o técnico Marcelo Mabília após acesso à Série A do Estadual - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Futebol19/08/2018 | 19h45Atualizada em 19/08/2018 | 20h57

"Blumenau precisa de futebol e o Metrô está no caminho certo", diz o técnico Marcelo Mabília após acesso à Série A do Estadual

Comandante do Verdão elogiou a equipe e afirmou a importância da gestão para o futebol blumenauense

"Blumenau precisa de futebol e o Metrô está no caminho certo", diz o técnico Marcelo Mabília após acesso à Série A do Estadual Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

O treinador Marcelo Mabília elogiou a equipe e afirmou a importância da gestão para o futebol blumenauense neste domingo após a classificação do Metropolitano para a final da Série B do Campeonato Catarinense e o consequente acesso à Série A para o ano que vem. Com a missão de assumir o time no meio do campeonato para tentar o acesso, Mabília comemorou a conquista após a partida contra o Camboriú e projetou os próximos passos do clube. Confira os destaques da entrevista concedida após o jogo:

Qual a sua avaliação sobre a campanha do Metropolitano e a classificação à final?
Primeiro parabéns a todos os envolvidos no trabalho, é uma conquista difícil subir da segunda para a primeira divisão de Santa Catarina e permanecer é mais difícil ainda. Acho que essa molecada - e é uma molecada, é uma equipe jovem - fez por merecer. Crescemos no momento certo da competição, perdemos na hora que a gente podia perder. Acho que hoje fizemos um jogo muito bom, no final a gente sabia que ia acontecer isso (pressão do Camboriú). Tivemos alguns probleminhas mas que vamos solucionar para entrar no espírito da decisão.

Quando você assumiu o time não estava em uma boa fase. O que mudou para chegar até aqui?
Mudou quase nada. Procuramos simplificar bastante as coisas, dar valor ao trabalho do Cascca que montou essa equipe com a diretoria e a comissão técnica. Acredito que o clube estava no caminho certo, faltavam alguns ajustes. Simplificamos processos, a maneira de jogar dentro das limitações, enfim. Acho que a gente deu um passo importante. Eu não conhecia Blumenau, é uma cidade que precisa de futebol, que tem uma economia forte, uma cidade com vários empresários que podem apoiar o clube e botar o clube num patamar enorme. O clube precisa de apoio porque não tem como fazer futebol sem dinheiro. Precisa investir em categoria de base, em futebol. Mas tudo na sua hora, acho que o Metrô está no caminho certo.

A equipe sai daqui hoje quase como campeão, com festa digna de título. Como acalmar os jogadores para mirar o jogo de quarta-feira e o título da Série B?
Impossível acalmá-los hoje. Eles têm mais que se divertir, sair, tomar sua cervejinha. A partir de amanhã a gente começa a recuperar eles para repetir o que fizemos na competição e ir atrás do título inédito que seria tão importante para o clube.

O que projetar para os próximos passos do Metropolitano em outro patamar, na Série A?
A gente sabe que dentro do futebol existe o possível e o ideal. Tem que fazer um projeto, ter um planejamento, gestão, estrutura, bons jogadores, bons profissionais para fazer a estrutura funcionar. E isso tem um custo. O momento econômico do país reflete no futebol, por isso que se não se organizar e tiver eficiência na gestão e no uso do dinheiro abre margem maior para erro, e eu acho que as pessoas que hoje comandam o clube estão bem cientes disso, que sem gestão a gente fica naquele barco navegando sem saber para onde ir.

 
Jornal de Santa Catarina
Busca