Grêmio perde para Estudiantes no jogo de ida das oitavas da Libertadores - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Quilmes07/08/2018 | 23h56

Grêmio perde para Estudiantes no jogo de ida das oitavas da Libertadores

AFP
AFP

O Grêmio voltou da Argentina com derrota por 2 a 1 para o Estudiantes, nesta terça-feira em Quilmes, e vai precisar vencer a partida de volta para conquistar a vaga nas quartas de final da Libertadores.

Todos os gols saíram ainda no primeiro tempo, com o atual campeão largando em desvantagem no placar com gols de Apaolaza e Campi, aos 8 e 38 minutos, respectivamente. O argentino Kannemann fez o gol do Tricolor Gaúcho fora de casa, aos 43, e manteve a equipe brasileira viva para o duelo de volta.

A partida de volta vai ser disputada no dia 28 de agosto, às 21:45h pelo horário de Brasília, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Por conta do gol marcado como visitante, uma vitória simples por 1 a 0 em casa garante a equipe na próxima fase.

Mesmo jogando fora de casa, o Grêmio impôs seu estilo de jogo e foi mais perigoso nos minutos iniciais, dominando as ações ofensivas. Aos sete minutos, André recebeu excelente lançamento de Maicon de trás do meio de campo e desperdiçou cara a cara com o arqueiro.

Mas no lance seguinte, o time da casa conseguiu encaixar a primeira boa jogada pelo lado esquerdo, com Apaolaza recebendo na entrada da área e batendo com precisão para tirar de Grohe e mandar no ângulo, abrindo o placar aos 8 minutos.

O gol recolocou os anfitriões no jogo e deu um baque nos gaúchos. O Estudiantes passou a pressionar a saída de bola e diminuir os espaços para o toque de bola Tricolor, incomodado com a intensidade do adversário. Para piorar, os argentinos conseguiram ampliar a vantagem.

Em cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, aos 37, Lucas Rodríguez bateu fechado na pequena área para o zagueiro Campi subir entre os zagueiros e testar na diagonal, sem chances para Grohe.

- Kannemann deixa Grêmio vivo -

O Grêmio devolveu na mesma moeda para conseguir diminuir o prejuízo e marcar um importante gol fora de casa. Em cobrança de escanteio de Luan, André cabeceou na primeira trave para excelente defesa de Andújar. No rebote, Kannemann mandou para as redes para descontar aos 43 minutos.

Na volta do intervalo, o Grêmio teve uma grande chance de empatar logo aos três minutos, mas o chute de André saiu rente à trave de Andújar. Depois da chance, o jogo ficou truncado e os brasileiros tinham dificuldade de fazer a transição entre o ataque e a defesa.

Luan, responsável de criar as jogadas ofensivas, estava bem marcado e não conseguia se desvencilhar dos zagueiros. A segunda grande chance veio em cabeçada de Jael só aos 27 minutos, após cruzamento de Marinho pelo lado direito.

Aos 31 minutos, o Grêmio ganhou um fôlego extra. Zuqui deu uma entrava violenta em Kannemann no campo de ataque e, por já ter um amaralo, acabou expulso ao receber a segunda advertência.

Com um a mais, o Grêmio foi para cima para tentar evitar a derrota mas continuou esbarrando na criação de lances mais agudos. Nem mesmo os quatro minutos de acréscimos foram suficientes para o Imortal buscar a igualdade.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca