Presidente do Bayern reitera que Lewandowski não está à venda - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 

Berlim01/08/2018 | 16h07

Presidente do Bayern reitera que Lewandowski não está à venda

AFP
AFP

O presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, reiterou que o polonês Robert Lewandowski não está à venda, respondendo a rumores de que o Chelsea busca a contratação do atacante.

"Nossa porta continua fechada", indicou Rummenigge ao jornal TZ nesta quarta-feira.

A imprensa britânica sugeriu que Lewandowski, sob contrato com o Bayern até 2021, poderia se mudar para Londres para defender os Blues. Mas Rummenigge garante que o artilheiro da última Bundesliga, com multa de rescisão de 85 milhões de euros, não vai a nenhum lugar independentemente do valor oferecido.

"Com Robert, claramente queremos enviar uma mensagem para as pessoas de dentro e fora do clube: o Bayern de Munique é completamente diferente de outros clubes que se enfraquecem quando alguns valores são mencionados", acrescentou Rummenige.

"Estamos plenamente satisfeitos com ele. Em sua posição só existem poucos jogadores comparáveis, então não nos convém vendê-lo, não importa se colocarem 100 ou 150 milhões sobre a mesa", valorizou.

Além de Lewandowski, outros grandes nomes do elenco do clubes estão com o nome sendo veiculado no mercado de transferências. Segundo a imprensa, Jerome Boateng está perto de ir para o Paris Saint-Germain, enquanto Arturo Vidal está veiculado como reforço na Inter de Milão. Thiago Alcântara pode voltar ao Barcelona e o zagueiro Juan Bernat está à venda.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca