Zé Carlos pega quatro jogos de suspensão por expulsão contra o Atlético-GO - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Desfalque30/08/2018 | 17h45Atualizada em 30/08/2018 | 18h32

Zé Carlos pega quatro jogos de suspensão por expulsão contra o Atlético-GO

Marlon, que também levou cartão vermelho, foi absolvido

Zé Carlos pega quatro jogos de suspensão por expulsão contra o Atlético-GO Guilherme Hahn/Especial/Especial
Foto: Guilherme Hahn/Especial / Especial
DC Esportes
DC Esportes

O atacante Zé Carlos, do Criciúma, pegou quatro jogos de suspensão por causa da expulsão do atacante no jogo contra o Atlético Goianiense, na abertura do returno da Série B. A decisão é da Quinta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Além dele, o lateral-esquerdo Marlon e dois atletas do time goiano (Gilvan e Júnior Brandão) levaram cartão vermelho na partida, mas os três foram absolvidos.

O fim da partida foi marcado por uma grande confusão. Aos 43 minutos, Jonathan caiu na área após choque com Gilvan. O Criciúma reclamou da demora para o jogador do Atlético se levantar. A confusão se generalizou e os quatro jogadores foram expulsos. O Criciúma ainda empatou após o tumulto o jogo acabou em 2 a 2.

Em sessão de julgamentos, a procuradora Julia Galhego reforçou a denúncia a Zé Carlos por ato hostil e agressão física e aos demais atletas por troca de hostilidade.

O auditor Flábio Boson, relator do processo, afirmou que a situação foi facilmente analisada a partir das imagens de televisão.

— Esse tipo de ocorrência já vimos "N" vezes. Acho que o Zé Carlos, sim, estava provocando todo mundo, depois apertou o pescoço (do jogador adversário). Acho que a expulsão ficou de bom tamanho para Marlon, Gilvan e Júnior Brandão, mas ao Zé Carlos mantenho no 254-A e aplico a mínima de quatro partidas — justificou Boson.

A punição a Zé Carlos foi unânime. A divergência ficou por conta da aplicação de punição aos outros atletas. O presidente da Comissão, Rodrigo Raposo, opinou pela suspensão de uma partida a Marlon, Gilvan e Júnior Brandão, mas foi voto vencido.

Ainda cabe recurso da decisão. O Criciúma já antecipou que deve tentar um efeito suspensivo para contar com Zé Carlos nos próximos jogos.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 
Jornal de Santa Catarina
Busca