Djokovic vence algoz de Federer e vai à semi do US Open - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Nova York06/09/2018 | 02h09

Djokovic vence algoz de Federer e vai à semi do US Open

AFP
AFP

O ex-número 1 do mundo Novak Djokovic se classificou às semifinais do US Open ao derrotar o australiano John Millman (55º), algoz de Roger Federer nas oitavas de final, em três sets (6-3, 6-4, 6-4), nesta quarta-feira em Nova York.

Djokovic, campeão do Grand Slam americano em 2011 e 2015, enfrentará por uma vaga na final o japonês Kei Nishikori (19º), que mais cedo eliminou o croata Marin Cilic, número 7 do mundo, em cinco sets e pouco mais de quatro horas. Na outra semifinal se enfrentarão o espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, e o argentino Juan Martin Del Potro (3º).

Mais uma vez, quem roubou as atenções na quadra central Arthur Ashe foi a umidade de 75%, que, quando a partida estava empatada em 2-2 no segundo set obrigou Millman a trocar as roupas da cabeça aos pés, completamente encharcadas de suor.

As condições meteorológicas não favoreceram um tênis de alto nível, embora os tenistas tenham conseguido protagonizar alguns pontos espetaculares.

Mesmo tendo convertido apenas quatro dos vinte break-points a seu favor, Djokovic foi muito superior ao rival, que pareceu ter gastado todas as energias para eliminar Federer e se classificar pela primeira vez na carreira às quartas de final de um Grand Slam.

Aos 31 anos, Djoko segue firme na luta por um 14º título de Grand Slam na carreira, isso apenas dois meses depois de erguer o troféu em Wimbledon. Vale lembrar que o sérvio vinha de dois anos de seguidas lesões no cotovelo que interromperam sua carreira vitoriosa.

"Nos dois lutamos muito, suamos muito e tivemos que trocar de camisa várias vezes. Não é a primeira vez neste torneio que se trata mais de sobreviver dentro da quadra", analisou Djokovic.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca