Hamilton conquista GP da Rússia de Fórmula 1 com ajuda de Bottas - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Sochi30/09/2018 | 11h17

Hamilton conquista GP da Rússia de Fórmula 1 com ajuda de Bottas

AFP
AFP

O britânico Lewis Hamilton conquistou o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1, neste domingo, depois da Mercedes pedir para seu companheiro de equipe Valtteri Bottas ceder a liderança ao tetracampeão.

O finlandês terminou na segunda colocação e assegurou a dobradinha da escuderia alemã. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari), a 50 pontos de Hamilton na disputa pelo título mundial, completou o pódio.

Bottas largou na pole position, mas deixou o britânico ultrapassá-lo na 25ª volta depois de receber ordens da equipe no rádio. "Lewis estava em perigo contra Vettel", explicou a Mercedes.

O finlandês pediu para recuperar sua posição na última volta, mas a Mercedes optou por priorizar a vitória de Hamilton. A equipe já tinha avisado que poderia dar indicações a seus pilotos, caso o título estivesse em jogo.

Antes da decisão da escuderia, Hamilton e Vettel tinham acabado de protagonizar uma bonita batalha pela segunda colocação. Chamado aos boxes para trocar de pneus na 15ª volta, o britânico voltou à pista atrás do alemão, que tinha trocado de pneus uma volta antes. Hamilton partiu para o ataque e conseguiu a ultrapassagem.

O finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), o holandês Max Verstappen (Red Bull) e o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) completaram o Top-6 da corrida, formado pelas escuderias mais potentes.

Os dois carros da Red Bull largaram da 18ª e 19ª posições do grid, depois de serem punidos por trocar motores e caixa de câmbio além do limite permitido.

Verstappen, que completou 21 anos neste domingo, se mostrou especialmente brilhante. Em uma volta, já tinha subido para a 13ª colocação, alçando-se ao Top-6 já na sexta volta. O jovem holandês chegou a liderar a corrida durante 20 voltas.

O monegasco Charles Leclerc (Sauber), o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas), o francês Esteban Ocon (Force India) e o mexicano Sergio Pérez (Force India) completaram o Top-10.

-- Classificação final do Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1:

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) os 309,745 km em 1 h 27:25.181

(média: 212,591 km/h)

2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 2.545

3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 7.487

4. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) a 16.543

5. Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer) a 31.016

6. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer) a 1:20.451

7. Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari) a 1:38.390

8. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 1 volta

9. Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes) a 1 volta

10. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) a 1 volta

11. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) a 1 volta

12. Nico Hülkenberg (ALE/Renault) a 1 volta

13. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) a 1 volta

14. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault) a 1 volta

15. Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes) a 1 volta

16. Carlos Sainz Jr (ESP/Renault) a 2 voltas

17. Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault) a 2 voltas

18. Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes) a 2 voltas

Melhor volta: Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 1:35.861 na 50ª volta (média: 219,617 km/h)

Abandonos:

Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda): problema mecânico na 5ª volta

Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda): problema mecânico na 5ª volta

-- Classificação do mundial de pilotos:

1. Lewis Hamilton (GBR) 306 pontos

2. Sebastian Vettel (ALE) 256

3. Valtteri Bottas (FIN) 189

4. Kimi Räikkönen (FIN) 186

5. Max Verstappen (HOL) 158

6. Daniel Ricciardo (AUS) 134

7. Kevin Magnussen (DIN) 53

8. Nico Hülkenberg (ALE) 53

9. Fernando Alonso (ESP) 50

10. Sergio Pérez (MEX) 47

11. Esteban Ocon (FRA) 47

12. Carlos Sainz Jr (ESP) 38

13. Pierre Gasly (FRA) 28

14. Romain Grosjean (FRA) 27

15. Charles Leclerc (MON) 21

16. Stoffel Vandoorne (BEL) 8

17. Lance Stroll (CAN) 6

18. Marcus Ericsson (SUE) 6

19. Brendon Hartley (NZL) 2

20. Sergey Sirotkin (RUS) 1

- Classificação do mundial de construtores:

1. Mercedes 495 pontos

2. Ferrari 442

3. Red Bull 292

4. Renault 91

5. Haas 80

6. McLaren 58

7. Force India 35

8. Toro Rosso-Honda 30

9. Sauber 27

10. Williams 7

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca