LaLiga, Barça e Girona pedem à federação para jogar nos EUA - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Madri11/09/2018 | 17h10

LaLiga, Barça e Girona pedem à federação para jogar nos EUA

AFP
AFP

LaLiga, Barcelona e Girona pediram autorização à Federação Espanhola de Futebol (RFEF), nesta terça-feira, para jogarem uma partida do Campeonato Espanhol nos Estados Unidos em janeiro.

Os dois clubes e a LaLiga pediram permissão para "disputar o jogo Girona FC-FC Barcelona da 21ª rodada, previsto para 26 de janeiro, no Hard Rock Stadium de Miami, Estados Unidos", afirmou a LaLiga em comunicado.

O jogo seria marcado dentro do acordo comercial anunciado recentemente com a empresa Relevent, para transferir jogos do Espanhol para os Estados Unidos nos próximos 15 anos.

A disputa de um jogo fora das fronteiras da Espanha é vista como uma forma de crescimento e expansão por parte dos atores implicados, enquanto jogadores, federação e setores das torcidas demonstraram ser contrários à ideia.

Sendo assim, o comunicado indica que no escrito enviado à RFEF se detalha "o sistema de compensação para os torcedores locais, que teriam este jogo dentro de seus planos anuais".

Apesar de não estar incluído na nota, o presidente da LaLiga, Javier Tebas, indicou recentemente em entrevista à rádio Onda Cero que poderia oferecer viagens grátis para torcedores e outras compensações, já que o número de jogos como mandante seria reduzido.

"Torcidas Unidas (AFEPE), que aglutina as federações de torcidas, deu visto positivo para este Plano de Compensação", indicou nesta terça-feira o comunicado da LaLiga.

Na segunda-feira, o sindicato de jogadores espanhóis (AFE) garantiu em comunicado que a LaLiga tinha demonstrado interesse em disputar o jogo nos Estados Unidos. No entanto, os jogadores "serão os que tomarão uma decisão definitiva sobre a partida a ser disputada nos EUA".

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca