Nogueira considera duelo contra o Atlético-GO como "final" para o Figueirense - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 
 

Série B27/09/2018 | 18h58Atualizada em 27/09/2018 | 18h58

Nogueira considera duelo contra o Atlético-GO como "final" para o Figueirense

Alvinegro precisa vencer o confronto direto no sábado para seguir de olho na elite

Nogueira considera duelo contra o Atlético-GO como "final" para o Figueirense Vinicius Nunes/Figueirense
Foto: Vinicius Nunes / Figueirense
DC Esportes
DC Esportes

"Estamos vendo esse jogo como uma final". A frase é do zagueiro Nogueira, titular da defesa do Figueirense, ao avaliar a necessidade de vitória do time no confronto deste sábado contra o Atlético-GO. A bola rola às 16h30min, no Orlando Scarpelli, e o Alvinegro precisa triunfar para permanecer na luta pelo acesso à elite nacional. Conquistar os três pontos frente ao concorrente direito é de suma importância pela 29ª rodada da Série B do Brasileiro.

– Estamos tendo uma semana boa de trabalho. O (Rogério) Micale está passando os treinamentos dele, está sendo bom, estamos vendo esse jogo como uma final. Estamos treinando bem e confiantes para esses últimos jogos.

 Com certeza, estamos pensando que é um divisor de águas. A gente visa uma arrancada nesses últimos 10 jogos para conseguir o acesso – disse Nogueira.

Apesar de tratar a reta final como decisiva, o Figueirense terá que lidar com as baixas no elenco por causa de lesões. O goleiro reserva Alisson, o volante Zé Antônio e o meia Renan Mota são os que mais preocupam os médicos do Alvinegro.

– No ano todo a gente já vem sofrendo com isso, nosso grupo sofre o ano todo com lesões. Isso atrapalhou um pouco e é complicado falar. Essa semana tivemos mais lesões, mas esperamos que possam retornar logo e nos ajudar na reta final – falou o zagueiro. 

Em campo, Micale deve escalar o time com Denis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e João Paulo; Matheus Sales, Betinho, Ferrareis, Jorge Henrique e Juninho; Elton. Nogueira apoia o treinador, que busca o melhor encaixe no time.

– É claro que ele (Micale) está procurando manter o sistema, mas, claro, que desempenha o papel dele que é mudar algumas coisas. O que ele acha necessário ser mudado, acredito que é pontual e em alguns outros setores também – completou.

O Alvinegro tem 39 pontos e está a seis do Avaí, primeiro time na zona de acesso à elite.

Veja mais notícias do Figueirense
Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

 
Jornal de Santa Catarina
Busca