Sandro atribui vitória do Criciúma à competência na bola parada - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Estratégico30/09/2018 | 00h14Atualizada em 30/09/2018 | 00h15

Sandro atribui vitória do Criciúma à competência na bola parada

Zagueiro abriu o placar para o Tigre no 2 a 1 sobre o Boa

Sandro atribui vitória do Criciúma à competência na bola parada Guilherme Hahn/Especial/Especial
Sandro fez mais um gol de cabeça Foto: Guilherme Hahn/Especial / Especial
Renan Medeiros

Com dois gols de cabeça anotados na vitória por 2 a 1 sobre o Boa Esporte, o Criciúma vai consolidando o jogo aéreo como principal trunfo para somar pontos importantes no Brasileiro da Série B.

Autor do primeiro gol do Tigre no triunfo em Varginha, Sandro valorizou a preparação dos comandados de Mazola Júnior para levar vantagem pelo alto.

— A gente tenta ajudar o máximo possível, a todo instante. Hoje o Mazola passou que a bola parada seria muito importante. A gente precisaria estar atento tanto atrás quanto na frente, nas duas situações. Apesar de a gente ter sofrido uma pressão, a gente soube suportar e levar os três pontos — avaliou o zagueiro.

Depois de dois compromissos consecutivos fora de casa, agora o Criciúma terá dois jogos diante da torcida no Heriberto Hülse. O primeiro deles será nessa terça-feira, contra o Oeste, às 20h30min. O volante Ronaldo e o lateral-direito Sueliton estão suspensos e o volante Liel provavelmente não poderá jogar por ter sofrido um trauma no nariz.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 
Jornal de Santa Catarina
Busca