Avaí recebe o lanterna Boa Esporte na primeira das cinco finais em casa pelo acesso - Esportes - Santa

Vers?o mobile

 
 

Brasileiro05/10/2018 | 06h35Atualizada em 05/10/2018 | 06h35

Avaí recebe o lanterna Boa Esporte na primeira das cinco finais em casa pelo acesso

Leão joga às 20h30min para garantir a permanência no G-4 por mais uma rodada

Avaí recebe o lanterna Boa Esporte na primeira das cinco finais em casa pelo acesso Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

A primeira das cinco "finais" que o Avaí terá na Ressacada até o fim da Série B do Brasileiro será nesta sexta-feira. Às 20h30min, o Leão recebe o lanterna Boa Esporte em partida pela 30ª rodada. Um adversário que pela colocação indica vitória tranquila, confortável e que garantirá a equipe por mais uma rodada no G-4, correto? Nada disso. O técnico Geninho alertou que o risco de queda faz o rival jogar como se não tivesse mais nada a temer.

– O Boa não tem nada a perder, está em uma situação difícil, mas é um bom time. Tem pregado peças em alguns adversários. Se vencer, ganha moral para buscar outros resultados. Não acredito que venha fechado, mas respeitando o Avaí. Vamos ter um jogo bastante parecido ao que foi contra o Sampaio – disse Geninho, ao lembrar que no duelo passado o Leão saiu perdendo, mas virou e venceu por 3 a 1 diante do torcedor. 

Na Ressacada, apenas três times venceram o Avaí. Dos 45 pontos que possui na Série B, 23 deles foram conquistados como mandante. A equipe, aliás, vem de dois triunfos em casa e o bom momento junto da torcida é levado em conta para apostar em mais uma rodada no G-4. Na reta final, o Leão ainda irá encarar Oeste, Londrina, Fortaleza e Ponte Preta no seu território, e as vitórias podem encaminhar o acesso à elite de 2019.

Em campo para o confronto diante do Boa Esporte, Geninho volta a contar com o lateral-direito Guga, o volante Judson e o atacante Rodrigão. Os dois primeiros estavam suspensos e não estiveram na derrota por 1 a 0 para o Coritiba, fora de casa. Já o vice-artilheiro do Leão, com seis gols na Série B, não atua desde o dia 1º de setembro, quando deixou o clássico contra o Figueirense com dores no joelho.

– O Rodrigo é um jogador que vinha ajudando bem, importante. É um cara de choque e que incendeia o jogo. Isso contagia o grupo. É um atleta que faz gols e fez de tudo para voltar antes do tempo. Antecipou em quase um mês o retorno. Foi um período bom para ele melhorar a parte física. E isso me faz optar por ele para começar a partida – completou.

FICHA TÉCNICA - AVAÍ X BOA ESPORTE

AVAÍ
Kozlinski; Guga, Betão, Airton e Capa; Judson, Matheus Barbosa, Renato e Marquinhos; Getúlio e Rodrigão Técnico: Geninho. 

BOA ESPORTE
Fabrício; Hélder, Rafael Jensen, Luan e Jadson; Djavan, Bruno Tubarão, Alyson (Daniel Cruz) e Douglas Baggio; Manoel e William Barbio. Técnico: Ney da Matta.

ARBITRAGEM: Marielson Alves Silva, auxiliado por José Carlos Oliveira dos Santos e Marcos Welb Rocha de Amorim (trio da BA).
DATA E HORÁRIO: sexta-feira, às 20h30min.
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí

 
Jornal de Santa Catarina
Busca