Messi brilha em goleada do Barcelona sobre o Tottenham na Liga dos Campeões - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Londres03/10/2018 | 18h19

Messi brilha em goleada do Barcelona sobre o Tottenham na Liga dos Campeões

AFP
AFP

Com mais uma atuação desequilibrante de Lionel Messi, o Barcelona goleou por 4 a 2 na visita ao Tottenham, nesta quarta-feira, e manteve os 100% de aproveitamento na segunda rodada do grupo B da Liga dos Campeões.

No 300º jogo do Barça na história da Liga dos Campeões, contando com as participações na antiga Copa da Europa, o time catalão se impôs sob a batuta do craque argentino, que participou de todas as jogadas de gol.

Philippe Coutinho (2 minutos), Ivan Rakitic (28) e Messi (56 e 90) marcaram os gols da vitória catalã no estádio de Wembley, enquanto Harry Kane (52) e Erik Lamela (66) descontaram para os ingleses.

O resultado complica a situação dos Spurs na competição. Os comandados de Mauricio Pochettino seguem sem pontuar e veem os líderes a seis pontos de distância, já que a Inter de Milão venceu o PSV de virada por 2 a 1 no outro jogo da chave e também chegou a 6 pontos.

Na próxima rodada, o Barcelona encara o time italiano em casa em disputa pela liderança, enquanto o Tottenham viaja para enfrentar o PSV em busca da primeira vitória. As partidas serão disputadas no dia 24 deste mesmo mês.

- Gol relâmpago -

O Barça foi a campo com Arthur e Philippe Coutinho titulares, iniciando o jogo da melhor maneira possível. Apenas dois minutos depois da bola rolar, os catalães balançaram as redes com o meia atacante após excelente jogada iniciada por Lionel Messi.

O argentino recebeu no meio de campo e fez lançamento primoroso na ponta esquerda para Jordi Alba. O lateral tirou o goleiro Lloris da jogada com um toque para o brasileiro, que da entrada da área chutou firme para aproveitar o gol aberto.

A jogada ficou marcada por uma saída precipitada do arqueiro francês, que saiu correndo até a quina da grande área tentando interceptar o lançamento. O capitão dos Spurs acabou facilmente anulado com o toque rápido de Alba.

Depois do gol, a partida ficou um pouco truncada no meio de campo e não foram muitas as chances de gol. No entanto, quando o Barça foi ao ataque com mais perigo, aos 28, não perdoou.

Após nova jogada iniciada por Messi, Suárez ajeitou a bola dentro da área mas Coutinho não conseguiu chutar. Na sequência, o brasileiro evitou que a bola saísse pela linha de fundo e tocou para trás, encontrando Rakitic que chegava como elemento surpresa. O croata pegou lindo voleio na entrada da área e acertou um canudo que tocou na trave antes de morreu dentro do gol.

O Barcelona dominou toda a primeira etapa e praticamente não sofreu com investidas do time inglês. Na única vez que os anfitriões assustaram, Lucas tocou para Lamela chutar de primeira. Ter Stegen defendeu e mostrou reflexo após a bola desviar em Semedo e Piqué, aos 31 minutos.

- Messi desequilibra -

Na volta do intervalo, o Barça voltou ligado e assustando o time inglês. Logo no primeiro minuto, Messi fez excelente jogada partindo em velocidade e acertou a trave direita de Lloris com chute rasteiro da entrada da área. Cinco minutos depois, o argentino repetiu a jogada em lance praticamente idêntico e voltou a carimbar a trave do Tottenham.

Mas a sorte virou e os anfitriões aproveitaram o contra-ataque da jogada para diminuir o placar, aos 7 minutos. Lucas saiu jogando rapidamente e tocou no meio de campo para Lamela, que viu Harry Kane entrando pelo lado esquerdo da área. O centroavante limpou a marcação com um corte seco e tocou de chapa, sem chances para Ter Stegen.

Mas o que parecia ser o início de uma reação acabou sendo freado por Messi, aos 11 minutos. O camisa 10 iniciou a jogada abrindo a bola no lado esquerdo para Alba, que cruzou rasteiro para devolver e deixar o argentino sozinho para tocar no cantinho e marcar o terceiro. Suárez ainda deu um corta-luz para deixar a jogada mais plástica.

Aos 21, o Tottenham voltou para o jogo com gol de Lamela. O argentino arriscou da entrada da área e contou com desvio no braço de Lenglet para matar Ter Stegen e recolocar a equipe local na partida.

Lucas era uma boa opção ofensiva dos Spurs. Aos 39, o brasileiro quase conseguiu o empate após deixar dois marcadores na saudade e bater firme dentro da área. A bola só não entrou porque Lenglet se jogou para cortar no momento decisivo.

Do outro lado, no entanto, quando o Barça tinha uma oportunidade, não desperdiçava. Aos 45 minutos, Alba recuperou a bola no campo de ataque e tocou para Suárez, que fez outro lindo corta-luz para deixar a bola limpar para Messi dentro da área. O craque argentino escolheu o canto e definiu a vitória para coroar mais uma atuação primorosa.

* AFP

 
Jornal de Santa Catarina
Busca