Saiba como funciona o radar meteorológico de SC - Geral - Jornal de Santa Catarina

Vers?o mobile

 
 

Prevenção30/09/2014 | 12h41Atualizada em 30/09/2014 | 12h44

Saiba como funciona o radar meteorológico de SC

O aparelho instalado em Lontras irá ajudar na previsão de curtíssimo prazo

Saiba como funciona o radar meteorológico de SC  Gilmar de Souza/Agencia RBS
A cobertura do radar, instalado em Lontras, é exclusivo para previsão do tempo no Estado Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS
O radar meteorológico de Santa Catarina, ferramenta no Sistema de Prevenção da Defesa Civil do Estado, que na manhã desta terça-feira teve as primeiras imagens divulgadas em tempo real pelo site da Defesa Civil  e da Epagri/Ciram irá ajudar na previsão de curtíssimo prazo, questão de horas.

:: Blog do Puchalski: Momento importante para a Meteorologia de Santa Catarina :: 

Para o meteorologista do Grupo RBS, Leandro Puchalski o ganho é para poucas horas, mas a informação que o radar dá ao meteorologista é importantíssima já que ele pode fazer um verdadeiro Raio-X da nuvem. 

— Basicamente a meteorologia tem três tipos de previsão: curtíssimos prazo (poucas horas), curto prazo (24, 48, 72 horas de antecedência) e longo prazo (previsão das estações do ano). Nesta previsão de curto e longo prazo a ajuda não é tão grande. Neste tipo de previsão outras ferramentas são mais importantes e por isso o radar não irá trazer grandes avanços — reforça Puchalski.

Impacto para o Vale do Itajaí
Segundo a meteorologista do AlertaBlu, Taciana Weber as imagens do radar meteorológico de Santa Catarina se tornam mais um equipamento de consulta para os especialistas da região.

— Podemos ter uma noção mais ampla do tempo no Estado e prever a situação na região — conta Taciana ao ver as primeiras imagens online registradas pelo equipamento.

Entenda como funciona
Meteorologista Leandro Puchalski dá detalhes sobre o equipamento

Você sabe o que é este instrumento e onde ele pode ajudar?
O radar é um instrumento eletrônico usado para detectar objetos a distância através da maneira como esses objetos propagam ou refletem ondas de rádio. O princípio de funcionamento é parecido com o do morcego que emite sons em alta frequência que ao serem interceptados por obstáculos, no nosso caso as nuvens, retornam ao ouvido do morcego. Quanto mais rápido o som retorna, mas próximo está.

Quais os avanços?
São muitos, mas entre eles:
- quantidade de chuva que vai cair numa determinada região;
- velocidade de deslocamento desta nuvem, ou seja, em quantas horas a chuva vai começar;
- intensidade do vento;
- possibilidade de granizo ou neve;
- qual região da cidade, até mesmo por bairros no caso de uma grande cidade, a chuva deverá ser mais forte.

Este radar é único em SC?
Não. O estado já tem um radar em funcionamento que é da Aeronáutica e esta localizado no Morro da Igreja lá na serra. No entanto, este radar não é exclusivo da meteorologia e por isso não tão preciso.

Só o novo radar é suficiente?
Não. Este radar será importantíssimo, mas ele deverá cobrir um pouco mais de 70% do nosso estado, ou seja, ainda teremos uma pequena parte de SC, extremo-oeste, sem o monitoramento do instrumento.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Notícias Relacionadas

Prevenção 30/09/2014 | 09h39

Imagens do radar meteorológico de SC já estão disponíveis na internet

População e especialistas podem acessar em tempo real da situação de 191 municípios monitorados pelo equipamento

 
Jornal de Santa Catarina
Busca