Três crianças morrem eletrocutadas em Petrolândia, no Alto Vale - Geral - Jornal de Santa Catarina

Vers?o mobile

 
 

Tragédia06/11/2014 | 21h21Atualizada em 07/11/2014 | 08h34

Três crianças morrem eletrocutadas em Petrolândia, no Alto Vale

Elas estariam brincando no quintal de casa, na comunidade de Pinhal, quando o acidente aconteceu.

Três crianças morrem eletrocutadas em Petrolândia, no Alto Vale Álbum de família/Reprodução
Vinícius no colo do pai, Marcelo, Igor no colo da mãe, Carla, e Schaiani Foto: Álbum de família / Reprodução

Três irmãos morreram eletrocutados no início da noite desta quinta-feira em Petrolândia, no Alto Vale. Segundo o Corpo de Bombeiros de Ituporanga, Igor Medeiros, 4 anos, Vinícius, 6, e Schaiani, 14, estariam brincando no quintal de casa, na comunidade de Pinhal, quando o acidente aconteceu.

::: "Era uma menina dedicada e estudiosa", conta diretora de escola onde Schaiani estudava
::: Familiares e amigos lamentam morte de Schaiani Medeiros e irmãos nas redes sociais

::: Corpos dos irmãos que morreram eletrocutados em Petrolândia foram liberados na madrugada desta sexta-feira

Um fio de bomba de poço estava desencapado e encostou em uma cerca de arame farpado, que ficou energizada. De acordo com o soldado do Corpo de Bombeiros Jorge Mancilla, a suspeita é de o que mais novo tenha sido o primeiro a tocar na cerca.

Ao ver o caçula sendo eletrocutado, o menino de seis anos tentou resgatá-lo e também foi atingido pela eletricidade. A mais velha tentou salvar os dois e acabou sendo eletrocutada também.

A avó das crianças foi a primeira a vê-las caídas no quintal. Em pânico, levou dez minutos para chamar por socorro. Os bombeiros chegaram ao local por volta de 19h. Segundo Mancilla, as vítimas já estavam sem sinais vitais, com o corpo pálido, frio, os lábios roxos e as pupilas dilatadas.

Os agentes ainda levaram 20 minutos tentando fazer as manobras de ressuscitação, mas ao concluir que o caso era irreversível acionaram as polícias Militar e Civil. O IGP também foi chamado e encaminhou os corpos para Rio do Sul.

As crianças moravam com o pai, Marcelo, de 34 anos, e a mãe, Carla, de 31. De acordo com os tios das vítimas, Cláudio Roberto Nienkotter e Rui Carlos Esser, os dois meninos estavam brincando com uma bola quando o menor encostou na cerca. A mãe, Carla, estava perto de casa ajudando os vizinhos agricultores e o pai, Marcelo, chegava em casa do trabalho.

Por volta da 1h, o carro da funerária chegou ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio do Sul para levar os corpos. Dali até Petrolândia foram 50 quilômetros. O velório será em uma igreja Luterana na localidade de Rio Antinhas. O enterro deve ser ainda nesta sexta feira.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Notícias Relacionadas

Alto Vale 07/11/2014 | 07h45

Corpos dos irmãos que morreram eletrocutados em Petrolândia foram liberados na madrugada desta sexta-feira

O velório das três crianças será em uma igreja Luterana na localidade de Rio Antinhas

Tragédia em Petrolândia 07/11/2014 | 00h09

Familiares e amigos lamentam morte de Schaiani Medeiros e irmãos nas redes sociais

A jovem e dois irmãos estariam brincando no quintal de casa, na comunidade de Pinhal, quando morreram eletrocutados

Tragédia em Petrolândia 06/11/2014 | 22h53

"Era uma menina dedicada e estudiosa", conta diretora de escola onde Schaiani estudava

Schaiani Medeiros e dois irmãos estariam brincando no quintal de casa, na comunidade de Pinhal, quando morreram eletrocutados

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaCom baixa adesão, audiência pública discute obras de implantação do corredor sul https://t.co/NEHI6D0DsXhá 2 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaFim de semana terá tempo instável em Blumenau https://t.co/81EgIDhPqZhá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca