Laboratórios particulares de Blumenau devem receber vacinas contra gripe A nesta semana - Geral - Jornal de Santa Catarina

Vers?o mobile

 

Saúde28/03/2016 | 23h39

Laboratórios particulares de Blumenau devem receber vacinas contra gripe A nesta semana

Santa Catarina antecipa campanha de imunização

Laboratórios particulares de Blumenau devem receber vacinas contra gripe A nesta semana Jefferson Botega/Agencia RBS
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
O vírus H1N1 matou duas pessoas em Blumenau e outra em Guaramirim. A vacinação é uma das formas mais eficazes de prevenção. Por isso a campanha será adiantada na rede pública – em laboratórios particulares de Blumenau estará disponível a partir de quarta-feira (veja abaixo). A campanha oficial de vacinação está prevista para o dia 30 de abril, mas o Ministério da Saúde confirmou ontem à noite o envio de três remessas da vacina que protege contra os vírus H1N1, H3N2 e influenza B entre 1º e 15 de abril. A entrega das 25,6 milhões de doses deve ser concluída até a primeira quinzena do mês que vem. 

O secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, garante que assim que chegarem as doses, fará a distribuição aos municípios para começar a imunização. Ainda não há confirmação do total de doses que chegarão a Santa Catarina, mas para a Região Sul estão confirmadas 3.535.280 unidades.

Secretaria de Estado de Saúde anuncia medidas contra a gripe A em Blumenau

Como a campanha nacional oficialmente vai até 20 de maio, outras três remessas de vacinas devem ser entregues em todo o país na segunda quinzena de abril. Nesta terça-feira, Kleinübing fará contato com o ministério para definir como serão distribuídos os lotes. Na quarta-feira, um encontro de secretários estaduais em Brasília vai cobrar celeridade.

– Estaremos numa reunião do Conselho dos Secretários de Estado de Saúde para discutir mais uma antecipação da campanha para SC e São Paulo, que hoje são os Estados com maior incidência no Brasil – diz o secretário.

Vigilância Epidemiológica confirma duas mortes por gripe A em Blumenau

Para quem está preocupado com o avanço dos casos de gripe A, a gerente de Doenças Imunopreveníveis e Imunização, da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive-SC), Vanessa Vieira da Silva, orienta aguardar pela nova vacina e não tomar a do ano passado:

– Os subtipos de H3N2 e Influenza B não são os mesmos da vacina de 2015, eles mudaram. Então, por isso, fazer uma vacinação com alguma dose que tenha restado de 2015 não vai ser efetivo. É necessário uma nova vacinação neste ano. E a pessoa que faz parte do grupo prioritário precisa se vacinar novamente anualmente.

Algumas clínicas particulares começam a receber as novas doses entre esta e a próxima semana. O infectologista Luiz Henrique Melo defende que a vacinação é a melhor prevenção e orienta a imunização em clínicas particulares, inclusive das pessoas que estão fora do grupo prioritário.

Histórias de quem sofreu com gripe A alertam para necessidade de prevenção 

Segundo o superintendente da Dive SC, Fabio Gaudenzi, a vacinação é apenas um dos elementos da prevenção. A eficácia da vacina gira em torno de 60%. Por isso, se alguma pessoa apresentar alguns sintomas da doença mesmo após a imunização, deve procurar a unidade de saúde. Além disso, lavar as mãos, arejar o ambiente e procurar tratamento assim que os sintomas aparecerem são fatores que ajudam na prevenção e eficácia do tratamento. 

Blumenau tem quadro mais preocupante de H1N1 em SC 

Rede particular em Blumenau
Pelo menos dois laboratórios particulares receberão doses nesta semana:
- Hospital do Pulmão: Vacinas disponíveis a partir de amanhã. Trivalente (R$ 65) e tetravalente (R$ 80). Ambas protegem contra influenza A (H1N1 e H3N2) e influenza B.
- Pulmoclínica: Vacina trivalente disponível a partir de amanhã (sem preço definido ainda).

Sobre a vacina
- Melhor forma de prevenir.
- Protege após 15 dias.
- Imuniza por um ano, ou seja, os que fazem parte do grupo alvo da campanha devem ser vacinados todos os anos.
- A vacina da campanha é a trivalente, que combate os vírus influenza A H1N1, H3N2 e influenza B.
- Grupos prioritários da campanha de vacinação: crianças menores de cinco anos, gestantes, mães que deram à luz recentemente, pessoas acima de 60 anos, indígenas, trabalhadores da saúde e portadores de comorbidades, como doença respiratória crônica.




 

JORNAL DE SANTA CATARINA

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHoróscopo: confira a previsão de cada signo para este domingo (17) https://t.co/yD0UrjPo7Shá 31 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaLula escreve que não reconhece sentença do sítio e que irá recorrer https://t.co/1HZzr1mnvIhá 31 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca