Flash Mob no Centro de Florianópolis marca início do 10º Fórum Mundial da Paz - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Dança pela Paz21/09/2016 | 16h26Atualizada em 21/09/2016 | 16h58

Flash Mob no Centro de Florianópolis marca início do 10º Fórum Mundial da Paz

Ação reuniu mais de 200 dançarinos em frente à Catedral Metropolitana. Pela primeira vez o evento ocorre no Brasil

Flash Mob no Centro de Florianópolis marca início do 10º Fórum Mundial da Paz Betina Humeres/Agencia RBS
Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

Os sinos da Catedral Metropolitana de Florianópolis tocaram exatamente ao meio dia e deram a primeira indicação para os cerca de 200 dançarinos e amantes da dança. Era hora de entrar em formação. Seis bailarinos iniciaram e tomaram a calçada em frente à Praça XV de Novembro, no Centro. Um mantra hindu, ao ritmo de samba, deu o tom. Em segundos, o espaço já estava tomado de pessoas, das idades mais variadas, que celebravam a paz na forma da dança.

O flash mob foi organizado pelas redes sociais por um grupo de professores de dança e profissionais de educação física para abrir o 10º Fórum Mundial da Paz, que começa nesta quinta (22) e segue até o domingo em Florianópolis. O evento é realizado pela Universidade Internacional da Paz (Unipaz).

Confira mais notícias sobre a Grande Florianópolis

— Todas as pessoas foram bem-vindas para participar do flash mob. Temos crianças de escolas públicas e privadas. A partir dos dez anos até pessoas da melhor idade, até pessoas de outros países — contou a dançarina e uma das organizadoras da ação, Yasmin Meera.

Dona Edésia Meurer Neckel, de 76 anos, que já é bisavó, por exemplo, estava lá pronta para a dança. Aluna da Unipaz e praticante de dança secular, participou de dois ensaios gerais que ocorreram ao longo de dois meses de ensaio. Os quatro minutos e 15 segundos de coreografia lavaram sua alma.

Os professores e coreógrafos da dança, Bel Revers, 28, e Luiz Kirinus, 35, complementaram que o objetivo do movimento era justamente reunir pessoas de diferentes estilos e culturas.

—  A dança é uma arte que representa a paz. Ela difunde amor, respeito entre as pessoas. E é esta mensagem que o Fórum Mundial quer trazer. As pessoas precisam se unir mais: dançar mais — enfatizou Luiz.

Em seguida, os dançarinos seguiram para a Figueira da Praça XV de Novembro, onde realizaram um abraço coletivo em homenagem ao Dia da Árvore, que ocorre nesta quarta-feira.

Fórum começa nesta quinta-feira

Pela primeira vez o Fórum Mundial da Paz vai ocorrer no Brasil, no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, no Norte da Ilha. Atividades como palestras e atividades de temáticas como meio ambiente, diversidade e arte ocorrem até o domingo. A programação completa você pode conferir pelo site oficial do evento.

Nesta quinta, a partir de 9h30, mais de 100 pessoas com carrinhos de bebê vão realizar uma carrinhada pelo Centro da Cidade. Eles saem da rua Felipe Schmidt até a Praça XV de Novembro, descem a rua Arcipreste Paiva até a Conselheiro Mafra e seguem até o Largo da Alfândega. Ali, eles formarão uma mandala com os carrinhos de bebê.

— Para termos uma imagem simbólica de que os próprios bebês estão envolvidos no movimento da paz — explicou a presidente do 10º Fórum Mundial da Paz, Dulce Magalhães.

Confira o vídeo com parte da apresentação do Flash Mob em Floripa:

Confira a galeria de fotos da ação:


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaSindicato garante circulação dos ônibus nesta quinta em Florianópolis https://t.co/fhwHzWxZWj #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEm 2011, Colombo encaminhou à Assembleia projeto que permitiria venda de parte da Casan https://t.co/m5AO5j2lK4 #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros