Pancho: Desnível nas cabeceiras de pontes da BR-470 gera transtornos - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Infraestrutura19/09/2016 | 14h42Atualizada em 19/09/2016 | 14h44

Pancho: Desnível nas cabeceiras de pontes da BR-470 gera transtornos

Quem transita pelo trecho de Ilhota certamente conhece o problema

Pancho: Desnível nas cabeceiras de pontes da BR-470 gera transtornos Artur Moser/Agencia RBS
Em 2014 o Jornal de Santa Catarina acompanhou uma das obras para diminuir o desnível da ponte no Km 21, em Ilhota Foto: Artur Moser / Agencia RBS
pancho

Beira a criminalidade a falta de correção nas cabeceiras das pontes do trecho da BR-470 entre Ilhota e Gaspar, conhecido pelo solo mole. Com o desnível provocado pelo progressivo afundamento da pista, os veículos, especialmente caminhões de carga, são obrigados a reduzir a velocidade a níveis inferiores ao permitido por lei, fazendo com que os que vêm atrás tenham que reduzir a velocidade repentinamente. Nem preciso dizer quais são as consequências.

::: Leia mais informações do colunista Pancho :::

Obras paliativas vejo vez ou outra, mas algo que acabe de vez com o problema parece não estar ao alcance dos engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Da mesma forma, é bom a prefeitura de Blumenau corrigir o quanto antes o desnível da cabeceira norte da Ponte do Tamarindo, oficialmente Vilson Kleinübing. Faz tempo que os veículos decolam no local. Se, por enquanto, não há prejuízo à municipalidade, há sim prejuízo e risco aos motoristas.


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaArco-íris de fogo é registrado no Norte de Santa Catarina https://t.co/0PqzqGo1xd #LeiaNoSantahá 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaVeja como é a preparação da Miss SC Mariana Guerra para o Miss Brasil https://t.co/iQlfjBUsOC #LeiaNoSantahá 11 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros