Polícia Civil de Joinville afirma que Natan foi assassinado por amigo de infância - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Violência22/09/2016 | 13h06Atualizada em 22/09/2016 | 18h37

Polícia Civil de Joinville afirma que Natan foi assassinado por amigo de infância

Adolescente de 16 anos está detido. Os dois cresceram juntos nas ruas da zona Sul da cidade

Polícia Civil de Joinville afirma que Natan foi assassinado por amigo de infância Facebook/Reprodução
Foto de Natan com policiais teria sido estopim para o assassinato Foto: Facebook / Reprodução

A delegada Geórgia Marrianny Gonçalves Bastos, uma das responsáveis pelo trabalho de investigação da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), afirma na manhã desta quinta-feira que todas as evidências colhidas até agora levam a crer que o adolescente Natan Felipe Vieira, de 17 anos, foi assassinado a tiros por um amigo de infância que foi detido no mesmo dia do crime.

Comunidade fez protesto pela paz em frente à escola onde Natan estudava.

O assassinato, segundo a delegada, foi possivelmente um pedido da facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC), porque Natan era amigo de policiais miltares.

Segundo testemunhas ouvidas pela Polícia Civil, uma foto de Natan com policiais, postada no dia 7 de Setembro no perfil dele no Facebook, foi o fato que detonou uma série de discussões. As ameaças feitas pelo adolescente a Natan na rede social também ajudaram a polícia a chegar até o garoto.

Segundo a delegada, além dos indícios iniciais que levaram à apreensão do adolescente na mesma tarde, há pelo menos 20 testemunhas que presenciaram o crime. A Polícia Civil ainda coleta provas, busca depoimentos e aguarda o resultado de laudos para concluir o inquérito, mas o Ministério Público já se manifestou pela internação, pedido aceito pelo juiz.

O adolescente, que tem 16 anos e cresceu brincando com Natan pelas ruas da zona Sul de Joinville, deve continuar à disposição da Justiça até o julgamento do caso.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

Natan foi morto com cinco tiros quando quando voltava para casa, no fim da manhã da última segunda-feira. Ele estudava na escola estadual Gertrudes Benta Costa, no bairro Petrópolis, na zona Sul de Joinville.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Violência 19/09/2016 | 17h57

Adolescente morto ao sair da escola em Joinville não tinha registros criminais

Um garoto de 16 foi apreendido e é o principal suspeito do crime

Violência 19/09/2016 | 13h21

PM prende suspeito de matar Aghata Christie Mafra em Joinville

Mulher foi assassinada no dia 11, quando voltava do trabalho

Segurança 15/09/2016 | 14h17

Suspeito de tentativa de assalto é morto por comerciante em Joinville

Outro homem conseguiu fugir e ainda não foi identificado

Violência 14/09/2016 | 08h01

Homicídio de mulheres triplica e chega a 15 neste ano em Joinville

Dos casos registrados pela polícia, em oito o principal suspeito é conhecido ou parente da vítima. Polícia também aponta que cresceu participação da mulher em atividades como o tráfico e a atuação nas facções criminosas

Violência 11/09/2016 | 20h56

Homem é assassinado na zona Oeste de Joinville

Crime ocorreu na noite de sábado, no bairro Nova Brasília

Violência 11/09/2016 | 13h50

Mulher é assassinada a tiros quando ia para o trabalho na zona Sul de Joinville

Polícia procura ex-companheiro da vítima porque ela havia registrado uma série de boletins de ocorrência contra ele nos últimos dias

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaTudo sobre as eleições em Joinville https://t.co/D1wGexJT9F #LeiaNoSantahá 21 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaGean Loureiro consolida liderança e Angela Amin e Elson Pereira brigam pelo segundo turno em Florianópolis https://t.co/z87wwb06YU #LeiaNo…há 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros