Policial Militar morre após confronto no Morro do Horácio, em Florianópolis - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

SEGURANÇA16/09/2016 | 07h26Atualizada em 16/09/2016 | 12h56

Policial Militar morre após confronto no Morro do Horácio, em Florianópolis

Soldado foi atingido por um tiro próximo ao abdômen e morreu no hospital

Policial Militar morre após confronto no Morro do Horácio, em Florianópolis Cristiano Estrela/Agencia RBS
PM na entrada do Morro do Horário na manhã desta sexta-feira Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

O policial militar Vinícius Alexandres Gonçalves, de 31 anos, morreu após ser atingido por um tiro durante a noite desta quinta-feira, 15, na comunidade do Morro do Horácio, em Florianópolis. De acordo com a Polícia Militar (PM), o agente e outros dois policiais foram até o bairro Agronômica, onde realizavam uma ronda por volta das 23h30min quando a troca de tiros começou.

Segundo relato da polícia, quando a viatura subia uma das ruas, alguns tiros foram disparados e o agente foi atingido por um tiro próximo ao abdômen. O reforço foi chamado na região e um suspeito foi detido e outro morto. No começo desta manhã várias viaturas estavam entrada e saída da comunidade monitorando a movimentação. A operação terminou por volta das 6h30min.

Acusados de matar idoso serão julgados em Florianópolis
Suspeito de tentativa de assalto é morto por comerciante em Joinville
Pelo menos três suspeitos teriam incendiado morador de rua em Blumenau

Conforme afirmou o delegado responsável pelo caso, Ênio de Mattos, o suspeito detido foi atingido por um tiro e encaminhado ao Hospital Universitário, e segue em observação. Já o homem que morreu no local segue sem identificação. 

Foto: Polícia Militar de Santa Catarina / Divulgação

O Governo estadual, por meio da chefia da Casa Militar, emitiu uma nota declarando luto oficial no dia de hoje pela morte do policial. Por meio das redes sociais, o comandante Geral da Polícia em SC, coronel Paulo Henrique Hemm, publicou uma mensagem para os familiares e amigos de Vinícius. No texto, o coronel também questionou as condições de segurança em que os agentes têm enfrentado durante as rondas.

— Hoje chora mais uma mãe, uma esposa em um país onde se perde o maior número de policiais nesta guerra desleal contra o crime. Hoje perdemos mais um irmão de farda comprometido, leal a uma causa onde o bem insiste em vencer. Como outros que deixam suas residências para nunca mais voltar sob a égide da vocação, de dar sua própria vida em prol de outra que jamais viu — afirmou Hemm.

O soldado entrou na polícia em agosto de 2011 e integrava o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 4º Batalhão de Florianópolis. O velório de Vinicius ocorre no cemitério do Itacorubi, em Florianópolis. O enterro está marcado para às 17h30min.

Manifestação
Hoje à tarde, às 17h30min, os militares do Estado marcaram uma manifestação em homenagem ao soldado morto. Segundo o comando geral, os policiais e bombeiros foram convidados a prestar continência e ligados sirenes e dispositivos de iluminação de emergência por um minuto.

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaConfira como fica o transporte coletivo em Joinville no dia da eleição https://t.co/hDrdVTcY9M #LeiaNoSantahá 6 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaConfira como fica o transporte coletivo em Joinville no dia da eleição https://t.co/fal8cBdhHP #LeiaNoSantahá 9 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros